Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1010
Tipo do documento: Tese
Título: A questão do feminino na psicanálise freudiana e na literatura de Virgínia Woolf.
Autor: Cavalcanti, Rosália Andrade 
Primeiro orientador: Francisco, Ana Lúcia
Primeiro membro da banca: Passos, Maria Consuêlo
Segundo membro da banca: Queiroz, Edilene Freire de
Terceiro membro da banca: Machado, Aline Oliveira
Quarto membro da banca: Lima Filho, Ivo de Andrade
Resumo: A forma como Freud percebeu o feminino tem, ainda, nos dias atuais, um lugar de destaque no ideário contemporâneo, sobretudo pelo fato de que suas ideias sofrem críticas severas por parte da militância feminista. Virgínia Woolf, que foi considerada por muitos historiadores uma das precursoras desse movimento, também fez críticas duras ao pensamento freudiano e construiu sua própria forma de conceber o feminino. Sendo assim, esse trabalho tem como principal objetivo apresentar a concepção de feminino trazida por Freud na construção do pensamento psicanalítico com todos os paradoxos e contradições que esse conceito apresenta e a concepção de feminino apresentada pela escritora, contemporânea a Freud, Virgínia Woolf que tenta, através da literatura, encontrar caminhos menos obscuros para as mulheres da modernidade. Para tanto, foi desenvolvida uma pesquisa teórica. Dessa forma, não tivemos a pretensão de chegar a verdades ou conceitos, nem acerca de Freud e nem acerca de Virgínia, mas apenas visualizar o quanto a arte, a literatura e a psicanálise podem ser disciplinas extremamente importantes para o entendimento e construção da subjetividade humana.
Abstract: The way Freud noticed the female has until the nowadays, a prominent place in contemporary ideas, especially the fact that their ideas suffer severe criticism from feminist activism. Virginia Woolf, who was considered by many historians one of the pioneers of this movement, also made hard criticisms of Freudian thought and built his own way of conceiving the female. That way, this work aims to present the design of female brought by Freud in the construction of psychoanalytic thought with all the paradoxes and contradictions that this concept presents and designing women presented by the writer, contemporary to Freud, Virginia Woolf who tries, through literature, to find less obscure ways for women of modernity. For that, a theoretical research was conducted. That way, we had the intention of reaching truths or concepts, not about Freud or Virginia, but only view it as art, literature and psychoanalysis may be extremely important disciplines for understanding and building of human subjectivity.
Palavras-chave: Theses
psychoanalysis
Literature - genre
Teses
Psicanálise
Literatura - gênero
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA#
#3411867255817377423#
#600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação#
#-8854052368273140835#
#500
Programa: Doutorado em Psicologia Clínica#
#-1750668812972093704#
#500
Citação: CAVALCANTI, Rosália Andrade.; FRANCISCO, Ana Lúcia. A questão do feminino na psicanálise freudiana e na literatura de Virgínia Woolf. 2015. Tese (Doutorado) - Universidade Católica de Pernambuco. Programa de Pós-Graduação em Psicologia Clínica. Doutorado em Psicologia Clínica, 2015.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1010
Data de defesa: 22-Jan-2015
Appears in Collections:Psicologia Clinica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
rosalia_andrade_cavalcanti.pdfTese na íntegra1,18 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons