Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1025
Tipo do documento: Dissertação
Título: A dor crônica: experiência de pacientes em tratamento de fibromialgia.
Autor: Cordeiro, Vanessa Nazário 
Primeiro orientador: Cunha, Marisa Amorim Sampaio
Primeiro coorientador: Dias, Cristina Maria de Souza Brito
Primeiro membro da banca: Costa, Juliana Monteiro
Segundo membro da banca: Queiroz, Edilene Freire de
Resumo: Desde séculos passados até hoje a dor e seu valor simbólico não perderam vigor nas discussões científicas. A dor crônica, aqui representada pela fibromialgia, é caracterizada pelo prolongamento da sensação dolorosa no corpo por mais de seis meses. A fibromialgia é conhecida pela sensação de dor, sem que haja um substrato orgânico para respaldar o seu diagnóstico clínico/biomédico. Percebe-se na literatura científica a tendência em abordar a fibromialgia dentro de parâmetros positivistas que, neste caso, têm como principal objetivo atenuar o sintoma visando ao controle da dor. Quais os possíveis efeitos dessa tendência que supostamente perpassa o sujeito da dor, sobre o que remete aos seus significados e às suas relações? Nesta pesquisa buscou-se compreender a experiência da dor, na perspectiva de pacientes em tratamento de fibromialgia, com base no referencial da Teoria Sistêmica. De forma específica, buscou-se conhecer concepções e sentimentos sobre dor, em pacientes diagnosticados e em tratamento com fibromialgia; compreender as condições de possibilidade à experiência com a dor, na reconstrução do processo de descoberta e diagnóstico; identificar a percepção dos sujeitos sobre os modos como a dor vem sendo abordada pelos profissionais de saúde; analisar os modos como a família vem se organizando perante a dor, com base na compreensão da estrutura familiar e sua inter-relação com a dor e o tratamento. Nesta pesquisa de natureza qualitativa participaram cinco mulheres diagnosticadas com fibromialgia há pelo menos um ano. Utilizou-se a entrevista em profundidade como técnica principal, contextualizada por diário de campo visando registros de aspectos intersubjetivos advindos das entrevistas. A análise de conteúdo de Minayo em sua vertente temática auxiliou na compreensão do material construído em campo. No primeiro tema perceberam-se componentes emocionais relacionados a/influenciando a experiência da dor; a presença de eventos traumáticos (no que concerne a perdas, por exemplo) nas primeiras manifestações de dores; condutas adotadas de supressão à dor, ao mesmo tempo em que ocorria movimento de resistência à mudança e uma busca à homeostase. No segundo tema percebeu-se a manutenção de crenças de que a doença manifesta-se em uma instância exclusivamente emocional e/ou física; a medicação como principal terapêutica ofertada para silenciar a dor; dificuldade de profissionais em lidar com questões de ordem subjetiva; pouca procura por espaço que vise um tratamento para além da dor física. Nenhuma das participantes demonstrou interesse por um espaço psicoterápico. Por fim, no terceiro tema foi observado que, de modo geral, as mulheres ocupam uma posição central em suas famílias; sentem-se pouco compreendidas. Também foi observado relações familiares que se retroalimentavam negativamente, facilitando a manutenção do sintoma, as famílias adotam condutas que repercutem numa manutenção de homeostase disfuncional. Esse padrão disfuncional caracteriza-se como um movimento de rigidez contínuo, com poucas oportunidades de mudança e consequentemente de poucas transições dentro dos sistemas, afastando as condições de possibilidade à verdadeira experiência Com esta pesquisa estima-se contribuir para uma assistência integral, refletindo sobre as nuances envolvidas na complexidade da experiência da dor e as relações com a família que perpassam o contexto da fibromialgia e seu tratamento.
Abstract: From centuries past to the present, pain and its symbolic value have not lost their vigor in scientific discussions. Chronic pain, here represented by fibromyalgia, is characterized by the prolongation of painful sensation in the body for more than six months. Fibromyalgia is known for the sensation of pain, without there being an organic substrate to back up its clinical / biomedical diagnosis. In the scientific literature, the tendency to approach fibromyalgia within positivist parameters is perceived in the scientific literature, which, in this case, has as main objective to attenuate the symptom aiming at the control of pain. What are the possible effects of this tendency that supposedly pervades the subject of pain, about what refers to their meanings and their relations? This research aimed to understand the experience of pain, from the perspective of patients in the treatment of fibromyalgia, based on the Systemic Theory reference. Specifically, we sought to understand conceptions and feelings about pain in patients diagnosed and treated with fibromyalgia; to understand the conditions of possibility to the experience with the pain, in the reconstruction of the process of discovery and diagnosis; to identify the perception of the subjects about the ways in which pain has been approached by health professionals; to analyze the ways in which the family is organizing in the face of pain, based on the understanding of family structure and its interrelation with pain and treatment. In this qualitative research, five women were diagnosed with fibromyalgia for at least one year. The in-depth interview was used as the main technique, contextualized by field diary, aiming at records of intersubjective aspects arising from interviews. The content analysis of Minayo in its thematic aspect aided in the understanding of the material constructed in the field. In the first theme emotional components related to / influencing the experience of pain were perceived; the presence of traumatic events (with regard to losses, for example) in the first manifestations of pain; adopted behaviors of suppression to the pain, at the same time that occurred movement of resistance to the change and a search to the homeostasis. In the second theme, it was observed the maintenance of beliefs that the disease manifests itself in an exclusively emotional and / or physical instance; medication as the main therapy offered to silence the pain; difficulty in dealing with subjective issues; little demand for space that aims at a treatment beyond physical pain. None of the participants showed interest in a psychotherapeutic space. Finally, in the third theme it was observed that, in general, women occupy a central position in their families; they feel little understood. It was also observed family relations that were negatively feedbacks, facilitating the maintenance of the symptom, the families adopt behaviors that reverberate in a maintenance of dysfunctional homeostasis. This dysfunctional pattern is characterized as a movement of continuous rigidity, with few opportunities for change and consequently few transitions within the systems, leaving the conditions of possibility to the true experience. With this research it is estimated to contribute to an integral assistance, reflecting on the nuances involved in the complexity of the pain experience and family relationships that permeate the context of fibromyalgia and its treatment.
Palavras-chave: Dissertations
Fibromyalgia - Psychosomatic Aspects
Pain - Psychological Aspects
Systemic Theory (Psychology)
Fibromialgia - Aspectos psicossomáticos
Dor - Aspectos psicológicos
Teoria sistêmica (Psicologia)
Dissertações
Dissertations
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA#
#3411867255817377423#
#600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação#
#-8854052368273140835#
#500
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica#
#2996970088605564627#
#500
Citação: CORDEIRO, Vanessa Nazário. A dor crônica: experiência de pacientes em tratamento de fibromialgia. 2018. 93 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernambuco. Programa de Pós-graduação em Psicologia. Mestrado em Psicologia Clínica, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1025
Data de defesa: 9-Jul-2018
Appears in Collections:Psicologia Clinica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
vanessa_nazario_cordeiro.pdfDissertação na íntegra1,17 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons