Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1042
Tipo do documento: Dissertação
Título: "Eu tive que me reinventar": mulheres com lesão medular adquirida e modos de (re)construírem a si mesmas e a suas vidas sexuais.
Autor: Morais, Raissa Maria Bittencourt de 
Primeiro orientador: Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida
Primeiro membro da banca: Silva, Taciano Valério Alves da
Segundo membro da banca: Lima, Ricardo Delgado Marques de
Resumo: adquirida (re)constroem a si mesmas e as suas vidas sexuais. As lesões medulares (LM) são todas as injúrias que acometem às estruturas contidas no canal medular podendo levar à alterações motoras, sensitivas, autonômicas e psicoafetivas. É uma das situações que mais pode afetar a vida de qualquer indivíduo e traz consigo inúmeras repercussões biopsicossociais. A pesquisa que deu base a esta dissertação é de cunho qualitativo e se fundamenta teórica e metodologicamente nos escritos de Michel Foucault e de outros autores que dialogam com o seu pensamento. Como estratégias metodológicas foram utilizadas as Entrevistas Narrativas e o Diário de Campo, como instrumentos para a construção das narrativas das mulheres com lesão medular adquirida, que foram analisadas através de uma analítica descritiva do sujeito de inspiração foucaultiana. Essas análises apontaram que essas mulheres são atravessadas por diversas formações discursivas, instituições, jogos de saber/poder que as constituem como capazes de agenciarem seus próprios métodos e caminhos para executar satisfatoriamente uma vida sexual do modo como é possível vivê-la. A condição de mulher, o exercício de uma vida sexual após um trauma ou acidente, e o modo pelos quais elas se subjetivam se mostraram caminhos difíceis; evidencia-se a importância de se olhar a sexualidade como um dispositivo; enfatiza-se a existência de uma sociedade que considera determinados corpos, e aqui os corpos com lesão medular, como abjetos e verificase o sofrimento vivido por cada uma delas ao se depararem com a mudança de um corpo aceito. Deste modo, nas narrativas encontramos a certeza de que as mulheres com lesão medular adquirida não se consideram assexuais, ao contrário, todas relataram vivenciar – ou já ter vivido – um ou mais relacionamentos amorosos, afetivos e sexuais. Esperamos que nossa pesquisa contribua para a ampliação das vozes e luta dessas mulheres assim como para a maior abertura de espaços de diálogos acerca da temática da sexualidade no recorte das pessoas com deficiências físicas adquiridas, em especial, das mulheres com lesões medulares adquiridas.
Abstract: This study aimed to understand how women who suffered an acquired spinal cord injury (re)construct themselves and their sexual lives. The medullary lesions (ML) are all injuries that affect the structures contained in the spinal canal and can lead to motor, sensory, autonomic and psychoaffective alterations. It is one of the situations that can most affect the life of any individual and that can bring with it many biopsychosocial repercussions. The research that serves as the basis to this dissertation is of qualitative character and is founded theoretically and methodologically in the writings of Michel Foucault and of other authors that dialogue with his thought. As methodological strategies, the Narrative Interviews and the Field Diary were used as tools for the construction of the narratives of the women with acquired spinal cord injury, which were analyzed through a descriptive analytics of the subject of Foucauldian inspiration. These analysis have pointed out that these women are crossed by diverse discursive formations, institutions, knowledge/power games that constitute them as capable of organizing their own methods and ways to perform a sexual life satisfactorily in the way it is possible to live it. The condition of woman, the exercise of a sexual life after a trauma or accident, and the way in which they act upon their subjectivity showed themselves as difficult paths; it is evident the importance of looking at sexuality as a dispositif; it is emphasized the existence of a society that considers certain bodies, and here the bodies with spinal cord injury, as abjects and the suffering experienced by each one of them is verified when faced with the change of an accepted body. Thus, in the narratives we find the certainty that women with acquired spinal cord injury are not considered as asexual, on the contrary, all of them reported experiencing - or having lived - one or more loving, affective and sexual relationships. We hope that our research will contribute to the broadening of women's voices and struggles as well as to the greater opening of spaces for dialogue on the subject of sexuality in what concerns people with physical disabilities, especially women with acquired spinal cord injuries.
Palavras-chave: Dissertations
Personal Injury - Psychological Aspects
Women - Psychological Aspects
Women - Sexual Behavior - Psychological Aspects
Dissertações
Lesões corporais - Aspectos psicológicos
Mulheres - Aspectos psicológicos
Mulheres - Comportamento sexual - Aspectos psicológicos
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA#
#3411867255817377423#
#600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação#
#-8854052368273140835#
#500
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica#
#2996970088605564627#
#500
Citação: MORAIS, Raissa Maria Bittencourt de. 'Eu tive que me reinventar' : mulheres com lesão medular adquirida e modos de (re)construírem a si mesmas e a suas vidas sexuais . 2018. 122 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernambuco. Pró-Reitoria Acadêmica. Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica. Mestrado em Psicologia Clínica, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1042
Data de defesa: 20-Jul-2018
Appears in Collections:Psicologia Clinica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
raissa_maria_bittencourt_morais.pdfDissertação na íntegra960,23 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons