Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1073
Tipo do documento: Dissertação
Título: Vínculos afetivos na instituição: um estudo sobre a percepção de crianças abrigadas acerca da família e do abrigo.
Autor: Sousa, Stéphane Figueiredo de 
Primeiro orientador: Lima, Albenise de Oliveira
Primeiro membro da banca: Caldas, Marcus Túlio
Segundo membro da banca: Coutinho, Maria da Penha de Lima
Resumo: O objetivo desse estudo foi compreender como a criança institucionalizada através do desenho da família com história (DF-E), percebe a família. A partir desse eixo, investigou-se os vínculos afetivos estabelecidos por essas crianças em relação aos cuidadores e a outras crianças; foram analisados através dos desenhos e histórias, as possíveis metáforas oriundas da separação precoce do grupo familiar de origem, como também, foram investigados os vínculos familiares representados nos desenhos. Participaram desse estudo 10 crianças com idades entre 05 e 07 anos e que não mantinham contato com a família de origem, abrigadas em uma instituição localizada na cidade de João Pessoa, PB. O método utilizado foi de natureza qualitativa, empregando como instrumento para a coleta das informações a técnica do Teste do Desenho de Família com Estórias (DF-E). Os resultados revelaram representações de uma família idealizada, como uma tentativa de aliviar o sofrimento causado pela ruptura familiar e pela violência sofrida. Percebeu-se que diante da alta rotatividade de funcionários da instituição, as crianças acabam cuidando umas das outras, sendo esta uma forma que encontram para minorar a tristeza e angústia da separação familiar. Ao tentarem reconstruir uma família, muitas experiências tornam-se frustradas, revivendo a violência da rejeição, do abandono, e intensificando a resistência e o recolhimento da criança para novas oportunidades de reconstrução familiar. Observou-se também no relato das histórias das crianças, que alguns adultos do abrigo tornam-se suporte afetivo delas, ao representá-los como figura de apego, que transmite afeto e segurança. A análise dos desenhos e das histórias narradas possibilitou perceber como a vida das crianças que participaram da pesquisa se entrelaça e se mistura, compondo um mosaico de movimentos com diferentes histórias de vida, diferentes subjetividades, numa diversidade de tempo e espaço que vão delineando seus vínculos afetivos.
Abstract: The aim of this study was to understand how the child institutionalized through the design of family history (DF-E), see the family. From this axis, they investigated the affective bonds established by these children about their caregivers and other children, were analyzed through drawings and stories, the possible metaphors originating from the early separation of the family group home, also were investigated family ties represented in the drawings. Participated in this study 10 children aged between 05 and 07 years and had had no contact with the family of origin, housed in an institution located in the city of Joao Pessoa, PB. The method used was qualitative, using as a tool for data collection technique Test Design Family with Stories (DF-E). The results revealed representations of an idealized family, as an attempt to alleviate the suffering caused by family breakdown and violence suffered. We realized that given the high turnover of staff of the institution, the children end up taking care of each other, which is finding a way to alleviate the grief and anguish of family separation. In trying to rebuild a family, many experiences become frustrated, reliving the violence of rejection, abandonment, and increasing the resistance and retraction of the child to new opportunities for family reconstruction. Also observed in the reporting of stories of children, some adults shelter become affective support them, to represent them as an attachment figure, which conveys affection and security. Analysis of drawings and stories narrated allowed us to see how the lives of children who participated in the research intertwines and blends, creating a mosaic of movements with different backgrounds, different subjectivities in a variety of time and space that will outlining their bonds.
Palavras-chave: Psicologia clínica
Subjetividade
Crianças - Assistência em instituições
Psicologia infantil
Famílias com problemas
Afeto (psicologia)
Assistência a menores
Dissertações
Dissertations
Clinical psychology
Subjectivity
Children - Care in institutions
child psicology
Families with problems
Affect (psychology)
Assistência a menores
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica
Citação: SOUSA, Stéphane Figueiredo de. Vínculos afetivos na instituição : um estudo sobre a percepção de crianças abrigadas acerca da família e do abrigo. 2010. 104 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernambuco. Pró-reitoria Acadêmica. Coordenação Geral de Pós-graduação. Mestrado em Psicologia, 2010.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1073
Data de defesa: 18-Oct-2018
Appears in Collections:Psicologia Clinica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
stephane_figueiredo_sousa.pdfDissertação na íntegra1,26 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons