Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1087
Tipo do documento: Tese
Título: Vários pesos, várias medidas: análise crítica do discurso da mídia em manchetes políticas de capas dos jornais Folha de S. Paulo, O Globo e Jornal do Commercio entre 2015 e 2018.
Autor: Santos, Leusa Cristina Bezerra dos 
Primeiro orientador: Carvalho, Nelly Medeiros de
Primeiro membro da banca: Bezerra, Benedito Gomes
Segundo membro da banca: Efken, Karl Heinz
Terceiro membro da banca: Reis, Simone de Campos
Quarto membro da banca: Santos, Ângela Maria Torres
Resumo: O período de 2014 a 2018 no Brasil foi marcado, entre outros assuntos, por escândalos políticos, grave crise econômica e, consequentemente, recessão e desemprego. Os fatos ligados a esses acontecimentos ganharam destaque na mídia em todo o País. Jornais, rádios, TVs e internet foram, e ainda estão sendo, palco de divulgação e repercussão do (a) processo de impeachment da então presidente Dilma Rousseff (PT), suas consequências e os embates políticos que se operaram nas ruas e no Congresso Nacional durante e depois do mandato da petista; (b) dos efeitos das prisões, delações e condenações resultantes da Operação Lava Jato; (c) dos escândalos que também atingiram o Governo Temer e (d) dos resultados negativos dos números da economia brasileira, que sofreu recrudescimento no Produto Interno Bruto (PIB) e aumento nos índices de desemprego e (d) da prisão do ex-presidente Lula. Fatos que estão entrelaçados na conjuntura social e política do Brasil e são objeto jornalístico principal dos veículos midiáticos, que operam esses eventos em uma arena de luta para captar audiência e estabelecer discursivamente credibilidade no noticiário. Com base nesse contexto social e político, essa tese tem como objetivo principal compreender como os jornais analisados articulam sentidos linguísticos, discursivos e sociais nas manchetes de capa sobre assuntos relacionados às crises política e econômica. A teoria de base para esse estudo é a Análise Crítica do Discurso (ACD), tendo Fairclough (1992, 1995, 2001, 2004) e Chouliaraki e Fairclough (1999) como principais alicerces teóricos, somando-se a Charaudeau (2006, 2010, 2011) na construção dos pilares da fundamentação. O trabalho também foi construído com relevantes contribuições históricas, conceituais e reflexivas de Jenkins (2009), Ramalho e Resende (2004), Schwarcz e Starling (2015), Wodak (2004), entre outros autores. A pesquisa, de natureza qualitativa e abordagem documental, tem como corpus ampliado as manchetes de capas de jornais sobre assuntos ligados às crises política e econômica de dois jornais nacionais – Folha de S. Paulo e O Globo – e um do estado de Pernambuco – Jornal do Commercio, entre janeiro de 2015 e abril de 2018. Focalizou-se a análise das práticas midiáticas discursivas nos enunciados sobre as crises política e econômica, tendo o texto – verbal e não verbal – como primeiro suporte para a investigação a partir do modelo tridimensional de Fairclough (2001), que permite uma abordagem textual, discursiva e social do objeto em estudo. Avaliamos que: I) os jornais analisados reproduziram os discursos dos fatos ocorridos, criando entre esses fatos uma “intertextualidade temporal”, que anexa discursivamente eventos mesmo que não estejam diretamente ligados; II) mesmo temporalmente ligados, houve uma diferenciação do tratamento discursivo midiático a Dilma Rousseff/Lula e Temer, sendo os dois primeiros vilanizados e o segundo, em que pese também estar envolvido em corrupção, foi minimizado discursivamente quanto às acusações; III) os veículos também alimentaram uma narrativa discursiva que orbitou homogeneamente em determinados assuntos “do momento” (RAMALHO E RESENDE, 2004): crises política e econômica, impeachment, prisões, delações premiadas, condenações na Operação Lava Jato da Polícia Federal (PF) etc. estimular um debate crítico, apesar da mídia tradicional ainda ser o veículo que traz mais confiabilidade, segundo pesquisa Ibope. Não houve, portanto, nas manchetes analisadas, marcas discursivas que apontassem para uma análise aprofundada dos acontecimentos, uma das regras do fazer jornalístico (PENA, 2008). Essa omissão discursiva contribuiu e contribui, no nosso entender, para sustentar a ainda hegemônica assimilação de um cenário aparentemente linear do contexto político-social brasileiro. Desse modo, os veículos midiáticos absorveram e também constituíram a prática social da crise econômica, ressaltando características negativas dos acontecimentos, em detrimento de uma perspectiva interpretativa de origem, causa e consequências dos fatos produzidos pelas hegemonias que transitaram relativamente no poder: Estado, Polícia Federal e segmentos político e empresarial.
Abstract: The period between 2014 and 2018 in Brazil registered political scandals, political and economic crisis, recession and unemployment. In this period, the facts linked to these events had emphasis in the media across the country. Newspapers, radios, TVs were and still being stage of dissemination and broadcasting about (a) Dilma Rousseff impeachment and the political fights that occurred in the streets and the parliament during and after the mandate of the presidente. (b) prison, delations, condemnations from the Lava Jato Operation; (c) scandals that striked Temer's administration and (d) negative results about brasilian economy numbers that suffered Gross National Product (GNP) resurgence and growth unemployment indications and (d) the arrest of the ex-president Lula. All these facts did not follow in chronological order, but, are intertwined in social economic Brazil conjuncture. And are the main journalistic subject of media communication that, acting simultaneously in a clash arena to gain audience and establish discursive credibility, reverberate this events. Based in this social political contexts, this thesis has a main purpose understand how the newspapers analyze articulate linguistic, discursive and social meanings in the headlines about political and economic crisis themes. For this, we investigate the significations produced by the media: if there is a mere reproduction of facts that engender audience in specifics moments or encourage some reflexion about the power relations. The base theory to this paper is the Critical Discourse Analisys (CDA), whose main foundation theoretical is Fairclough (1992, 1995, 2001, 2004) and Chouliaraki and Fairclough (1999), in adittion to Charaudeau (2006, 2010, 2011) in the construction of the theories. The work was also constructed with relevant historical, conceptual and reflective contributions of Jenkins (2009), Ramalho and Resende (2004), Schwarcz and Starling (2015), Wodak (2004) among other authors. The qualitative research and documentary approach has as corpus extended the headlines of newspaper covers on subjects related to the political and economic crises of two national newspapers - Folha de S. Paulo and O Globo - and one from the state of Pernambuco - journal between January 2015 and April 2018. The analysis of the discursive media practices in the statements about the political and economic crises was focused, with the text - verbal and non-verbal - as the first support for the investigation from the three-dimensional model of Fairclough (2001), which allows a textual, discursive and social approach to the object under study, as well as reflections on social practice. We perceive that: I) the newspapers analyzed reproduced the discourses of the events that occurred, creating among these facts a "temporal intertextuality", which discursively encloses events even though they are not directly linked; II) even if temporally linked, there was a differentiation of the discursive treatment of the media to Dilma Rousseff / Lula and Temer, the first two being vilanized and the second, in spite of being also involved in corruption, was discursively minimized on the accusations; III) the vehicles also fed a discursive narrative that orbited homogeneously in certain subjects "of the moment" (RAMALHO AND RESENDE, 2004): political and economic crises, impeachment, prisons, awards awards, etc. stimulate a critical debate, despite the traditional media still being the vehicle that brings more reliability, according to Ibope research. There were, therefore, no discursive marks in the headlines that pointed to an in-depth analysis of events, one of the rules of journalistic making (PENA, 2008). This discursive omission contributed and, in our view, contributed to support the still hegemonic assimilation of an apparently linear scenario of the Brazilian politico-social context. In this way, media vehicles have absorbed and constituted the social practice of the economic crisis, emphasizing negative characteristics of events, to the detriment of an interpretive perspective of origin, cause and consequences of the facts produced by the hegemonies that have passed relatively in power: State, Federal Police and political and business segments.
Palavras-chave: Análise crítica do discurso
Linguística
Teses
Critical Discourse Analysis
Linguistics
Thesis
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Doutorado em Ciências da Linguagem
Citação: SANTOS, Leusa Cristina Bezerra dos. Vários pesos, várias medidas: análise crítica do discurso da mídia em manchetes políticas de capas dos jornais Folha de S. Paulo, O Globo e Jornal do Commercio entre 2015 e 2018. 2018. Tese (Doutorado) - Universidade Católica de Pernambuco. Pró-Reitoria Acadêmica. Coordenação Geral de Pós-Graduação. Doutorado em Ciências da Linguagem, 2018.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1087
Data de defesa: 18-Dec-2018
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
leusa_cristina_bezerra_santos.pdfTese na íntegra4,43 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons