Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1147
Tipo do documento: Tese
Título: Análise do discurso de sujeitos afásicos e seus familiares sobre afasia.
Autor: Costa, Érika Maria Asevedo
Primeiro orientador: Azevedo, Nadia Pereira da Silva Gonçalves de
Primeiro membro da banca: Chun, Regina Yu Shon
Segundo membro da banca: Sampaio, Nirvana Ferraz Santos
Terceiro membro da banca: Costa, Maria Lúcia Gurgel da
Quarto membro da banca: Barros, Isabela Barbosa do Rêgo
Resumo: Este trabalho parte do mestrado da autora com o tema da afasia, que em seu quadro clínico, pode gerar desde um simples distúrbio imperceptível na fala à impossibilidade plena de conversação, comprometendo suas interações e, consequentemente, sua sustentabilidade social e financeira. Esse distúrbio de linguagem tradicionalmente é investigado, no que se refere à sua origem fisiológica (Acidentes Vasculares Encefálicos ou Traumatismos Crânio Encefálicos, para citar os dois mais frequentes) e intervenções medicamentosas que visam a evitá-la ou amenizá-la, uma vez que a Afasia é decorrente dessas causas de origem neurológica. De forma inovadora, já no mestrado, este estudo busca inserir nesta discussão a proposta linguístico-discursiva, a partir da teoria e procedimento analítico da Análise do Discurso de linha francesa (AD), como aporte teórico que venha melhorar as interações interpessoais entre os sujeitos acometidos pela Afasia, possibilitando-lhes um melhor e mais rápido reenquadramento social. Agora, no doutorado, foi feito um trabalho longitudinal, trazendo o discurso de cinco sujeitos do Grupo de Convivência de Afásicos da UNICAP (GCA) com os seus familiares, testemunhando o seu dizer sobre a afasia. Diante do exposto, este trabalho teve como objetivo analisar o discurso de sujeitos afásicos em grupo de convivência e de suas respectivas famílias sobre a afasia, compreendendo o processo de formação imaginária, buscando analisar, pela via discursiva, como se constituiu o evento da afasia atravessando a fala dos indivíduos, problematizando o discurso do sujeito afásico numa relação de enfrentamento com a linguagem. Como a AD não é apenas de uma metodologia, mas, especialmente, uma teoria, alguns conceitos foram explorados no trabalho, como: sentido, ideologia, sujeito, formação imaginária, formação discursiva, condições de produção, interdiscurso, com base nessa perspectiva. Ao mesmo tempo, destaca-se a importância do GCA para os sujeitos e seus familiares. A coleta de dados ocorreu de 2015 a 2018, durante os encontros semanais do Grupo de Convivência de Afásicos da UNICAP, ocasião em que os participantes tiveram seus discursos filmados para posterior transcrição e análise, com base nos pilares teóricos e metodológicos da AD: discurso, condições de produção, ideologia, sujeito, interdiscurso, formação ideológica, formação imaginária e silenciamento. Os sujeitos afásicos investigados apresentaram distúrbios em um dos eixos da linguagem: no de seleção ou no de combinação e, em alguns casos, em ambos, de acordo com a tipologia de Jakobson. Seus discursos foram frequentemente norteados por formações imaginárias e, consequentemente, relações de força, uma vez que eles se constituem sujeitos afásicos a partir da imagem que fazem de si e daquela que julgam que o interlocutor faz deles, interagindo hierarquicamente no grupo de acordo com suas percepções, histórias de vida e condições de produção.
Abstract: This doctoral thesis is inspired on the author’s master’s dissertation about aphasia, which, in its clinical frame, can range from simple imperceptible speech disorders to total inability to participate in a conversation, affecting people’s interactions and their social and financial sustainability. This language disorder has been traditionally investigated regarding its physiological origin (Strokes or Traumatic Brain Injury, the two most common causes) and medicine interventions in order to evidence, avoid or relieve it, inasmuch as Aphasia is generated due to neurological causes. Since my master’s research, in an innovative way, this study aims at inserting the linguistic-discursive proposal into the discussion concerning Aphasia, by the means of the theoretical and analytical procedures of the French Discourse Analysis (FDA), as a theoretical framework that is able to improve the interpersonal interactions amongst the individuals who suffer from Aphasia, in such a way they will be able to have a faster and more efficient social reframing. Currently, my doctoral research performed a longitudinal investigation which brought the discourse of five subjects from the Grupo de Convivência dos Afásicos (Aphasic Social Group) of the Catholic University of Pernambuco (UNICAP) along with their family members witnessing their words about/of Aphasia. Given the above, this work aimed at analyzing the aphasics’ discourse of/about Aphasia in a social group and in their respective families, understanding the process of imaginary formations, in order to analyze through their words how the event of Aphasia is constituted throughout the individuals’ speech that aims to problematize the image of an aphasic person in a conflictual relationship with language. Insofar as FDA is not only a methodology, but a theoretical framework as well, this work explores some concepts such as: sense, ideology, subject, imaginary formation, discursive formation, production conditions and interdiscourse in this perspective. Meanwhile, I also highlighted the importance of the Aphasic Social Group of UNICAP to the subjects of this research and their family members. The data collection happened from 2015 to 2017 during the weekly meetings of the Aphasic Social Group of UNICAP where the participants had their discourses recorded for the posterior transcription and analysis based on the theoretical and methodological principles of FDA: discourse, production conditions, ideology, subject, interdiscourse, ideological formation, imaginary formation and silencing. The aphasic subjects investigated in this research presented disorders in one of the language axels: selection or combination and, in some cases, in both, according to the typology proposed by Jakobson. The discourses were frequently guided by imaginary formations hence relations of power, inasmuch as they constitute themselves as aphasic subjects from the image they make about themselves and the one they judge their interlocutor makes of them, interacting hierarchically in the group according to their perceptions, life stories and production conditions.
Palavras-chave: Análise do discurso
Afásicos
Afasia
Lingüística
Teses
Theses
Speech analysis
Aphasic
Aphasia
Linguistics
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Doutorado em Ciências da Linguagem
Citação: MOURA, Érika Maria Asevedo Costa. Análise do discurso de sujeitos afásicos e seus familiares sobre afasia. 2019. 141 f. Tese (Doutorado) - Universidade Católica de Pernambuco. Pró-Reitoria Acadêmica. Coordenação Geral de Pós-Graduação. Doutorado em Ciências da Linguagem, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1147
Data de defesa: 1-Jul-2019
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
erika_maria_asevedo_costa.pdfTese na íntegra1,17 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons