Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1152
Tipo do documento: Dissertação
Título: Conversão de resíduo agroindustrial na produção de bioemulsificante por stenotrophomonas maltophilia UCP 1601 e aplicação na remoção de poluente hidrofóbico.
Autor: Nogueira, Ianne Batista
Primeiro orientador: Takaki, Galba Maria de Campos
Primeiro membro da banca: Lima, Marcos Antônio Barbosa de
Segundo membro da banca: Lima, Roberto Albuquerque
Resumo: Biossurfactantes são moléculas de superfície ativa produzidas por micro-organismos e que têm recebido crescente interesse, considerando as vantagens que possuem sobre os surfactantes químicos, tais como biodegrabilidade, baixa toxicidade, produção a partir de fontes renováveis, funcionalidade sob condições extremas de pH e temperatura e estabilidade. Estudos foram realizados avaliando o potencial de biossurfactante, bem como emulsificante pela bactéria móvel Stenotrophomonas maltophilia UCP 1601, isolada de solo argiloso das margens do rio Capibaribe (PE, Brasil), com sensibilidade aos antibióticos ceftazidina, levofloxacina, minociclina, clorofenicol, norfloxacina, eritromicina e nitrofurantoína; e dem onstrou resistência a clindamicina, cefdoxacina e amoxicilina. Neste sentido, foi utilizado o teste de hemólise em ágar adicionado de sangue de carneiro para avaliar a produção de biossurfactante produção de por S. maltophilia, sendo observado um halo de 9 mm. A partir da confirmação da produção de biossurfactante, investigações foram realizadas com fermentação submersa em meio mineral salino suplementado com 10% de óleo de soja pós-fritura (OSPF), diferentes concentrações de glicose, peptona, ZnCl2 e MgSO4, de acordo a um planejamento fatorial completo de 2 . Os resultados obtidos demonstraram que na mesma 4 condição 6 (4% de glicose, 1% de peptona, 2,72% de ZnCl2 e 2,46% de MgSO4) observou-se um elevado índice de emulsificação de 82,74%, com óleo motor queimado. Novos estudos caracterização e aplicação ambiental. O bioemulsificante produzido demonstrou ser estável nas condições testadas de diferentes temperaturas, pH e concentrações de cloreto de sódio, confirmado pelo índice de emulsificação (IE24) de 78.57, 54.07 e 58.62%, utilizando os óleos de soja, milho e diesel, respectivamente. O rendimento do bioemulsificante produzido por fermentação submersa foi de 2,8g/L, demostrando caráter aniônico, com molécula constituída por proteínas (28,2%), carboidratos (14,7%) e lipídeos (37,6%), indicando ser uma biomolécula polimérica. O novo bioemulsificante demonstrou potencial promissor para áreas contamindas com compostos hidrofóbicos, exibindo foram realizados com o bioemulsificante para avaliar a estabilidade, habilidade para reduzir a viscosidade de óleo de soja residual e do óleo motor queimado, bem como excelente capacidade de dispersão de óleo motor queimado em agua, com 69,94 cm de área de deslocamento de óleo (ODA), além de remover 71,7% de derivado do petróleo a partir de solo arenoso. Os resultados obtidos com o bioemulsificante produzido por S. maltophilia indicam sua aplicabilidade em processos promissores de 2 biorremediação de áreas contaminadas com compostos hidrofóbicos.
Abstract: Biosurfactants are active surface molecules produced by microorganisms that have received increasing interest considering the advantages they have over chemical surfactants, such as biodegradability, low toxicity, production from renewable sources, and functionality under extreme conditions of pH, temperature and stability. The studies were carried out evaluating the potential of biosurfactant and emulsifier by the bacterium Stenotrophomonas maltophilia UCP 1601, isolated from clay soil on the banks of the Capibaribe River (PE, Brazil), with sensitivity to the antibiotics ceftazidine, levofloxacin, minocycline, chlorofenicol, norfloxacin, erythromycin and nitrofurantoin; and demonstrated resistance to clindamycin, cefdoxacin and amoxicillin. In this sense, the hemolysis test was used in sheep blood agar to evaluate the production of biosurfactant by S. maltophilia, with halo of 9 mm. After the confirmation of the biosurfactant production, investigations were carried out with submerged fermentation in saline mineral medium supplemented with 10% post-fry soybean oil (PFSO), different concentrations of glucose, peptone, ZnCl2 and MgSO4, according to a % glucose, 1% Peptone, 2.72% ZnCl2 and 2.46% MgSO4) had a high emulsification rate of 82.74% with burned engine oil. Other studies were carried out with the bioemulsifier to evaluate stability, characterization and environmental application. The bioemulsifier was stable under the tested conditions of different temperatures, pH and sodium chloride concentrations and confirmed by the emulsification index (IE24) of 78.57, 54.07 and 58.62%, using soybean, corn and diesel, respectively. The yield of the bioemulsifier produced by the submerged fermentation was 2.8 g / l, presenting an anionic character, with a molecule constituted by proteins (28.2%), carbohydrates (14.7%) and lipids (37.6%), indicating a polymeric biomolecule. The new bioemulsifier demonstrated promising potential for areas contaminated with hydrophobic compounds, exhibiting the ability to reduce the viscosity of residual soybean oil and burned engine oil, as well as excellent dispersion capacity of burnt-out engine oil with an area of 69.94 cm2 oil displacement (ODA), in addition to removing 71.7% of the oil derivative from the sandy soil. The results obtained with the bioemulsifier produced by S. maltophilia indicate its applicability in promising processes of bioremediation of areas contaminated with hydrophobic compounds.
Palavras-chave: Óleos vegetais
Resíduos agroindustriais
Biossurfactantes
Biotecnologia
Dissertações
Dissertations
Vegetable oils
Agroindustrial Waste
Biosurfactants
Biotecnologia
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Mestrado em Desenvolvimento de Processos Ambientais
Citação: NOGUEIRA, Ianne Batista. Conversão de resíduo agroindustrial na produção de bioemulsificante por stenotrophomonas maltophilia UCP 1601 e aplicação na remoção de poluente hidrofóbico. 2019. 69 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernambuco. Pró-reitoria Acadêmica. Curso de Mestrado em Desenvolvimento de Processos Ambientais, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1152
Data de defesa: 19-Feb-2019
Appears in Collections:Desenvolvimento de Processos Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ianne_batista_nogueira.pdfDissertação na íntegra968,44 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons