Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1239
Tipo do documento: Dissertação
Título: O problema do mal: uma abordagem histórica e o discurso demonizante iurdiano como resposta ao sofrimento humano.
Autor: Leite, Fúlvio Anderson Pereira 
Primeiro orientador: Silva, Drance Elias da
Primeiro membro da banca: Souza, José Tadeu Batista de
Segundo membro da banca: Moura, Carlos André Silva de
Resumo: Esta dissertação tem por objetivo analisar o problema do mal na história e o discurso demonizador iurdiano. O discurso iurdiano são que demônios anseiam apossar-se do homem e, com isso, objetivar, desgraçar vida, causar miséria e dor no homem. O discurso e retórica de Macedo e seus pastores não tem por objetivo trazer respostas, alívio ao sofrimento humano, mas, legitimação, expansão no cenário religioso e ganhos economicos. Os casos em que não se obtém uma libertação do demônio, são explicados pela lógica da falta de fé, pela ausência de uma verdadeira entrega à igreja – a pessoa não se libertou de verdade das garras de satanás. A demonologia está presente no dia-a-dia, perpassando todos os níveis de discursos e práticas com uma grande fluidez. Está amplamente incorporada na vivência e no cotidiano de seus membros, obreiros e pastores. O discurso demonizante baliza a fala e a vivência de cada membro. Tudo que ocorre há uma força reguladora: o que se curou pela oração da fé do pastor; o que não se curou pela incredulidade do fiel. Todo sofrimento humano tem uma única explicação, uma origem apenas: o diabo. A origem de qualquer espécie de mal é sempre advinda dos demônios que se manifestam através da possessão demoníaca. A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), Também tem como um de seus focos de ação investir na disputa por territórios do campo religioso brasileiro, para analizar ultilizamos o conceito de campo religioso de Pierre Bourdieu e para analisar a retórica da IURD empregamos as etapas do discurso, tal como foram analisadas pela retórica clássica de Aristóteles: inventio, dispositio, elocutio, actio e memoria, que representam as quatro fases pelas quais passa aquele que compõe um discurso ou pelas quais acredita-se passar. Nossa metodologia para essa pesquisa foram alguns livros, jornais e pregações produzida pela IURD.
Abstract: This dissertation aims to analyze the problem of evil in history and the demonizing discourse of Yurdians. The Yurdian discourse is that demons long to take possession of man and, with this, to objectify, disgrace life, cause misery and pain in man. The discourse and rhetoric of Macedo and his pastors is not intended to bring answers, relief to human suffering, but legitimization, expansion in the religious scene and economic gains. The cases in which liberation from the devil is not obtained are explained by the logic of lack of faith, by the absence of a true surrender to the church - the person has not truly freed himself from the clutches of Satan. Demonology is present in everyday life, crossing all levels of discourses and practices with great fluidity. It is widely incorporated in the daily life of its members, workers and pastors. The demonizing discourse marks the speech and experience of each member. Everything that occurs has a regulating force: that which has been healed by the pastor's prayer of faith; that which has not been healed by the faithful's incredulity. Every human suffering has only one explanation, only one origin: the devil. The origin of any kind of evil always comes from demons who manifest themselves through demonic possession. The Universal Church of the Kingdom of God (UCKG), also has as one of its focuses of action to invest in the dispute for territories of the Brazilian religious field, to analyze the concept of religious field of Pierre Bourdieu and to analyze the rhetoric of the UCKG we use the stages of discourse, as were analyzed by the classical rhetoric of Aristotle: invention, dispositio, elocutio, actio and memory, which represent the four phases through which passes the one who composes a discourse or through which it is believed to pass. Our methodology for the research were some books, newspapers and preaching produced by the UCKG.
Palavras-chave: Dissertações
Sofrimento
Demônio
Pentecostalismo
Dissertations
Suffering
Demon
Pentecostalism
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Mestrado em Ciências da Religião
Citação: LEITE, Fúlvio Anderson Pereira. O Problema do mal : uma abordagem histórica e o discurso demonizante iurdiano como resposta ao sofrimento humano. 2019.. 110 fl Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernambuco. Programa de Pós-graduação em Ciências da Religião. Mestrado em Ciências da Religião, 2019.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1239
Data de defesa: 28-Feb-2019
Appears in Collections:Ciencias da Religiao

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ok_fulvio_anderson_pereira_leite.pdfDissertação na íntegra4,04 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons