Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1366
Tipo do documento: Dissertação
Título: Famílias empresárias: desafios intergeracionais.
Autor: Souza, Flávia Lima Barreto de 
Primeiro orientador: Dias, Cristina Maria de Souza Brito
Primeiro membro da banca: Caldas, Marcus Túlio
Segundo membro da banca: Neves, Maria de Fátima Santos
Resumo: A presente dissertação teve como objetivo geral compreender e problematizar as relações intergeracionais nas famílias empresárias e os desafios enfrentados na gestão da empresa familiar, sob a ótica da Teoria Geral dos Sistemas, juntamente com os conceitos da Abordagem Transgeracional. Especificamente, visou compreender o significado dos laços afetivos nos relacionamentos, na perspectiva dos familiares imbricados na gestão da mesma, analisar os elementos envolvidos nas relações inter e transgeracionais e os desafios na gestão da mesma, desenvolver um olhar sistêmico sobre o funcionamento da família empresária, que evidencie a interação e a interdependência entre o sistema familiar e o sistema empresa. Tratase de um estudo qualitativo do qual participaram nove familiares que fazem parte do corpo gestor da empresa familiar. Foram utilizados um questionário com os dados sociodemográficos e uma entrevista, conduzida de forma semidirigida, composta por nove questões. A técnica utilizada para analisar as entrevistas foi a Análise de Conteúdo Temática. Os participantes estavam na faixa etária entre 30 a 65 anos, sendo três mulheres e seis homens. Os principais resultados mostraram que: 1) os laços familiares repercutem sim na gestão da empresa, pois existe mais confiança, lealdade/fidelidade e conhecimento do temperamento e do que esperar do outro; 2) os elementos positivos que perpassam as relações intergeracionais são a união/coesão, não misturar o lado pessoal com o profissional e o respeito à hierarquia, enquanto os negativos foram agir com protecionismo, o familiar se aproveitar da sua relação de parentesco para transgredir as regras, medo de magoar ou ofender o outro; 3) os elementos transgeracionais se referiram à transmissão de valores como amor ao trabalho, oferecer produto de qualidade e postura ética na condução das empresas, que são transmitidos entre gerações; 4) por fim, percebeu-se claramente a interação existente entre os sistemas família e empresa, tanto em seus aspectos positivos como negativos. Espera-se, com o presente trabalho, contribuir com a literatura sobre a empresa familiar e oferecer subsídios aos profissionais interessados na temática.
Abstract: The present dissertation had as general objective to understand and problematize the intergenerational relations in business families and the challenges faced in the management of the family business, under the perspective of the General Systems Theory, together with the concepts of Transgenerationality. Specifically, it aimed to understand the meaning of affective bonds in relationships, from the perspective of family members involved in the management of the family business; to analyze the elements involved in inter and transgenerational relationships and the challenges in the management of the family business; to develop a systemic look at the functioning of the business family, which highlights the interaction and interdependence, between the family system and the company system.This is a qualitative study, with the participation of nine family members who are part of the management body of the family business. A questionnaire with sociodemographic data and an interview conducted in a semi-directed manner, comprising nine questions, were used. The technique used to analyze the interviews was the Thematic Content Analysis. The participants were in the age group between 30 and 65 years old, being three women and six men. The main results showed that: 1) family ties do have an impact on the company's management, as there is more trust, loyalty/faithfulness, and knowledge of temperament and what to expect from the other; 2) the positive elements that permeate intergenerational relationships are union/cohesion, not mixing the personal side with the professional and respecting the hierarchy, while the negatives were acting with protectionism, the family member taking advantage of their kinship relationship to the trespass, fear of hurting or offending the other; 3) the transgenerational elements referred to the transmission of values such as love for the work, offering quality products and ethical posture in the conduction of companies, which are transmitted between generations; 4) finally, the interaction between the family and company systems was clearly perceived, both in its positive and negative aspects. It is expected, with the present work, to contribute with the literature on the family business and offer subsidies to professionals interested in the theme.
Palavras-chave: Dissertações
Empresa familiar
Administração de empresas
Dissertations
Family business
Business Administration
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica
Citação: SOUZA, Flávia Lima Barreto de. Famílias empresárias : desafios intergeracionais . 2020. 96 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernambuco. Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1366
Data de defesa: 19-Apr-2020
Appears in Collections:Psicologia Clinica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ok_flavia_lima_barreto_souza.pdfDissertação na íntegra723,79 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons