Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1367
Tipo do documento: Tese
Título: Desvendando tramas e entrelaces do emergir da comunicação de crianças com a Síndrome Congênita do Zica vírus.
Autor: Rached, Sueli Fernades da Silva 
Primeiro orientador: Cavalcanti, Wanilda Maria Alves
Primeiro membro da banca: Costa , Maria Piedade Resende da
Segundo membro da banca: Cavalcante, Marianne Carvalho Bezerra
Terceiro membro da banca: Carvalho, Glória Maria Monteiro de
Quarto membro da banca: Azevedo, Nadia Pereira Gonçalves de
Resumo: No final do ano de 2015, surgem os primeiros casos de recém-nascidos com microcefalia relacionada ao vírus da Zika, em Pernambuco. Diante da forma severa, do baixo volume encefálico e do potencial destrutivo do vírus, especialistas sugerem o termo Síndrome Congênita do Zika vírus. Nesse cenário, desenvolvemos o presente estudo com o objetivo de analisar formas de comunicação de crianças com a Síndrome Congênita do Zika vírus, que apresentem precocemente microcefalia e déficit motor, como também aquelas que além desses comprometimentos, apresentem perdas visuais e auditivas, concomitantemente. Nesse caso, os participantes trouxeram demandas de diversas ordens devido às intercorrências que aconteceram na aquisição da linguagem e, para tal não temos um teórico que as explique, integralmente. Desse modo, apoiamo-nos nos estudos de Vygotsky e Wallon, cada um oferecendo algum esclarecimento que nos ajudaram a entender melhor o processo de comunicação dessas crianças. Trouxemos a abordagem de Jan Van Dijk através do movimento coativo destacando que as experiências motoras podem beneficiar o desenvolvimento, a comunicação e a aprendizagem de crianças como as que estudamos. A pesquisa adotou a abordagem qualitativa/quantitativa, longitudinal, sendo que do ponto de vista dos objetivos se apresenta como descritiva, explicativa e analítica, com procedimentos técnicos de estudo de caso coletivo, no qual empregamos a análise de conteúdo de Bardin, para tratamento dos dados. Utilizamos como instrumentos: entrevista semiestruturada, mapa de comunicação, protocolo de observação comportamental e observação direta com filmagem na instituição e no domicílio, sendo estas últimas analisadas com o auxílio do Programa ELAN. A investigação teve duração de oito meses, em três fases, com 16 crianças atendidas no Centro de Reabilitação Menina dos Olhos - CER-IV da Fundação Altino Ventura; diagnosticadas e confirmadas pela infecção do Zika, e divididas em dois grupos: grupo A, constituído de crianças que apresentavam microcefalia e déficit motor; e grupo B, aquelas que além destes comprometimentos, também apresentavam perdas visuais e auditivas, concomitantemente. O trabalho pode contribuir cientificamente para esta temática que se encontra na fase inicial de estudos. Através das análises pudemos afirmar que os dois grupos de crianças com Síndrome Congênita do Zika vírus, apresentaram um desenvolvimento atípico para a idade, mas que a partir das interações com as mães, familiares e terapeutas passaram a demonstrar suas potencialidades em várias áreas do desenvolvimento. Os achados mostraram evolução quantitativa e qualitativa em todas as crianças, no conjunto das avaliações. A maioria das crianças do grupo A apresentou comunicação não verbal, embora um número menor mostrou-se capaz de comunicar-se verbalmente. No Grupo B, identificamos as maiores evoluções na comunicação não verbal, embora sendo as mais comprometidas física e sensorialmente. Pudemos constatar que mesmo diante de grupos com comprometimentos distintos, as formas de comunicação chegam a se assemelhar entre algumas delas. A caracterização desses achados poderá orientar o planejamento e as condutas terapêuticas multidisciplinares adotadas pelos profissionais envolvidos, possibilitando sugerir algumas orientações para pais e cuidadores.
Abstract: At the end of 2015, the first cases of newborns with microcephaly related to the Zika virus appear in Pernambuco. In view of the severe form, the low brain volume and the destructive potential of the virus, experts suggest the term Congenital Zika Virus Syndrome. In this scenario, we developed the present study with the objective of analyzing forms of communication of children with Congenital Zika Virus Syndrome, who present early microcephaly and motor deficit, as well as those who, in addition to these impairments, also present visual and hearing losses, concomitantly. In this case, the participants brought demands of different orders due to the complications that occurred in the acquisition of language and, for this, we do not have a theorist who fully explains them. In this way, we rely on the studies of Vygotsky and Wallon, each offering some clarification that helped us to better understand the communication process of these children. We brought Jan Van Dijk's approach through the coercive movement, highlighting that motor experiences can benefit the development, communication and learning of children like the ones we study. The research adopted a qualitative / quantitative, longitudinal approach, and from the point of view of the objectives it is presented as descriptive, explanatory and analytical, with technical procedures of collective case study, in which we use Bardin's content analysis, for the treatment of data. We used as instruments: semi-structured interview, communication map, behavioral observation protocol and direct observation with filming at the institution and at home, the latter being analyzed with the help of the ELAN Program. The investigation lasted eight months, in three phases, with 16 children treated at the Menina dos Olhos Rehabilitation Center - CER-IV of the Altino Ventura Foundation; diagnosed and confirmed by Zika infection, and divided into two groups: group A, consisting of children who had microcephaly and motor deficit; and group B, those who, in addition to these impairments, also had visual and hearing losses, concomitantly. The work can contribute scientifically to this theme that is in the initial phase of studies. Through the analyzes we were able to affirm that the two groups of children with Congenital Zika Virus Syndrome, presented an atypical development for the age, but that from the interactions with the mothers, family and therapists started to demonstrate their potentialities in several areas of development. The findings showed quantitative and qualitative progress in all children, in the set of assessments. Most children in group A had non-verbal communication, although a smaller number were able to communicate verbally. In Group B, we identified the biggest developments in non-verbal communication, although they were the most physically and sensorially compromised. We could see that even in the face of groups with different commitments, the forms of communication are similar among some of them. The characterization of these findings may guide the planning and multidisciplinary therapeutic approaches adopted by the professionals involved, making it possible to suggest some guidelines for parents and caregivers.
Palavras-chave: Teses
Crianças - Linguagem
Aquisição de linguagem
Surdos - Linguagem
Cegos - Linguagem
Comunicação
Theses
Children - Language
Language acquisition
Deaf - Language
Blind - Language
Communication
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA::LINGUISTICA APLICADA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Doutorado em Ciências da Linguagem
Citação: RACHED, Sueli Fernades da Silva. Desvendando tramas e entrelaces do emergir da comunicação de crianças com a Síndrome Congênita do Zica vírus . 2020. 244 f. Tese (Doutorado) - Universidade Católica de Pernambuco. Programa de Pós-graduação em Ciências da Linguagem. Doutorado em Ciências da Linguagem, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1367
Data de defesa: 27-Apr-2020
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ok_sueli_fernandes_silva_rached.pdfTese na íntegra2,15 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons