Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1421
Tipo do documento: Tese
Título: Considerações acerca da objeção de consciência sob o prisma noético da logoteoria de Viktor Frankl.
Autor: Fonseca, Ramon Silva Silveira da
Primeiro orientador: Caldas, Marcus Túlio
Primeiro membro da banca: Libório, Luiz Alencar
Segundo membro da banca: Oliveira, André Luiz Holanda de
Terceiro membro da banca: Pontes, Alisson de Meneses
Quarto membro da banca: Oliveira, Karen Guedes
Quinto membro da banca: Caldas, Marcus Tulio
Resumo: O presente trabalho doutoral objetiva identificar a atuação dos valores da logoteoria em documentos jurídicos que tratam da prática da objeção de consciência. Na trilha da investigação, propõem-se como objetivos específicos apresentar os aspectos conceituais referentes à objeção de consciência, considerando seu contexto histórico e político; discorrer sobre os conceitos de consciência nos âmbitos filosófico e psicológico; dissertar sobre a teoria dos valores no pensamento do filósofo Max Scheler, bem como sobre sua relação com o pensamento frankliano; por fim, compendiar o pensamento logotéorico destacando o conceito de consciência como órgão de sentido e o pensamento sobre os valores na antropologia frankliana. Considera-se como hipótese que o exercício da objeção de consciência é uma estratégia para a preservação dos aspectos da identidade noética do ser humano. Destarte, a pesquisa foi guiada pelo problema: como os valores de realização do sentido de vida expressam-se na prática da objeção de consciência? Metodologicamente, a pesquisa caracteriza-se como um estudo qualitativo, descritivo, básico. Os dados foram sistematizados por meio do software IRAMUTEQ fazendo uma análise lexical do conteúdo das respostas. Foram selecionados 15 documentos originados dos tribunais superiores. Os resultados identificaram no dendrograma 4 classes: (1) Componentes processuais, (2) Visão panorâmica; (3) Visão focal; e (4) Elementos axiológicos. Na análise de similitude constou-se uma correlação entre as palavras não e recurso, indicando a prevalência de negativa dos tribunais em acolher as demandas de objeção de consciência. Já outro núcleo relacionou as palavras ensino-educação com sociedade, pessoa e pluralismo, demonstrando como as demandas de objeção de consciência versam entre valores individuais e comunitários, destacando-se o binômio ensino-educação, devido à dimensão dos dados relativos a esse tema. Ademais, quando feita a sistematização dos dados por meio de análise de conteúdo, identificou-se que 53 % (8) dos documentos referem-se à objeção de consciência ao serviço militar obrigatório, revelando esse tema o mais presente nas demandas judiciais, especialmente na do Superior Tribunal de Justiça. Já 26% (4) referem-se às demandas de objeção religiosa quanto à obrigação da observância de dia de preceito. Apenas 13% (2) das apelações obtiveram sucesso na garantia do direito de objeção de consciência. Os resultados obtidos discutidos sob a perspectiva da teoria dos valores de Viktor Frankl destacam a situacionalidade e a unicidade dos valores, bem como sua organização hierárquica em que se expressa o julgamento das demandas e na contemporização das distintas vontades. Ademias, percebeu-se a relevância do conceito de ilusão de sentido e de falseamento dos valores, para a consideração da tolerância e do respeito à diversidade.
Abstract: The present doctoral work aims to identify the performance of the values of logotheory in legal documents that deal with the practice of conscientious objection. As part of the investigation, specific objectives are proposed to present the conceptual aspects related to the conscientious objection, considering its historical and political context; to talk about the concepts of conscience in the philosophical and psychological spheres; to talk about the theory of values in the thought of the philosopher Max Scheler, as well as about its relation with the Franklian thought; finally, to compensate the logotheoric thinking highlighting the concept of conscience as an organ of meaning and thinking about values in franklian anthropology. It is considered as a hypothesis that the exercise of conscientious objection is a strategy for the preservation of aspects of the human being's noetic identity. Thus, the research was guided by the problem: how do the values of realization of the meaning of life express themselves in the practice of conscientious objection? Methodologically, the research is characterized as a qualitative, descriptive, basic study. The data were systematized using the software IRAMUTEQ making a lexical analysis of the content of the responses. Fifteen documents from the higher courts were selected. The results identified 4 classes in the dendrogram: (1) Procedural components, (2) Panoramic view; (3) Focal vision; and (4) Axiological elements. In the similitude analysis, a correlation was found between the words no and appeal, indicating the prevalence of refusal by the courts to accept the demands of conscientious objection. Another nucleus related the words teaching-education with society, person and pluralism, demonstrating how the demands of conscientious objection relate between individual and community values, highlighting the binomial teaching-education, due to the dimension of the data related to this theme. Furthermore, when the data was systematized by means of content analysis, it was identified that 53% (8) of the documents refer to the conscientious objection to mandatory military service, revealing this theme the most present in the judicial demands, especially in the of the Superior Court of Justice. 26% (4) refer to the demands of religious objection regarding the obligation to observe the precept day. Only 13% (2) of appeals were successful in guaranteeing the right to conscientious objection. The results obtained discussed from the perspective of Viktor Frankl's theory of values highlight the situationality and the uniqueness of values, as well as their hierarchical organization in which the judgment of demands is expressed and in the contemporization of different wills. Ademias, the relevance of the concept of illusion of meaning and falsification of values was perceived for the consideration of tolerance and respect for diversity.
Palavras-chave: Dissertações
Objeção de consciência
Valores
Dissertations
Conscientious objection
Values
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Doutorado em Psicologia Clínica
Citação: FONSECA, Ramon Silva Silveira da; FRANKL, Viktor Emil. Considerações acerca da objeção de consciência sob o prisma noético da logoteoria de Viktor Frankl. 123 f. Tese (Doutorado) - Universidade Católica de Pernambuco. Programa de Pós-graduação em Psicologia Clínica, 2020.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1421
Data de defesa: 27-Apr-2020
Appears in Collections:Psicologia Clinica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ok_ramon_silva_silveira_fonseca.pdfTese na íntegra1,15 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons