Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1438
Tipo do documento: Dissertação
Título: Discussão sobre a caracterização da reatividade de agregados graúdo utilizados na fabricação de concretos.
Autor: Marins, Jéssica Ferreira 
Primeiro orientador: Silva, Fernando Artur Nogueira
Primeiro membro da banca: Silva, Ângelo Just da Costa e
Segundo membro da banca: Azevedo, Antônio Augusto Costa de
Resumo: A reação álcali-agregado (RAA) é uma reação química deletéria que envolve os íons de sódio e potássio, provenientes principalmente do cimento Portland, e algumas fases minerais que podem estar presentes em agregados graúdos ou miúdos que em presença de água podem causar expansões nas estruturas de concreto. Conhecer a mineralogia do agregado é fundamental, uma vez que evitando o uso de agregado reativo, evita-se o surgimento dessa manifestação patológica. Esse trabalho tem como objetivo, realizar uma comparação entre as diferentes metodologias do ensaio para determinação da expansão dos prismas de concreto pelo método acelerado, norma brasileira NBR 15577-7:2018 com a RILEM AAR-4.1:2016 e a AASHTO T 380:2018 modificado. As metodologias propostas pela NBR e pela RILEM são muito similares, diferindo apenas na quantidade de agregados e consumo de cimento. Já o método proposto pela AASHTO difere no acondicionamento e no tempo do ensaio. Como a intenção dessa pesquisa é avaliar as condições do ambiente de ensaio foi mantido o mesmo tamanho de molde para todas as metodologias avaliadas. Para a execução de todos os ensaios foi utilizado agregado graúdo reativo e agregado miúdo inócuo. Os corpos de prova ensaiados pelo método da NBR15577-7:2018 e da RILEM AAR-4.1:2016 apontaram que o agregado graúdo utilizado é reativo logo na primeira leitura, onde a variação dimensional dos prismas foi maior que 0,03%, limite proposto por ambas às normas. Os prismas obtiveram comportamento com relação à expansão muito similar. As metodologias propostas pela NBR e pela RILEM tem duração de vinte semanas, com intervalo de cinco semanas para cada leitura. Analisando os resultados encontrados no ensaio que foi executado com o ambiente de acondicionamento como proposto pela AASHTO T380:2018 é possível concluir que velocidade de ocorrência da expansão é maior que na outras metodologias. Isso pode ocorrer devido às condições do ensaio serem muito agressivas. Este tem duração de 56 dias, as leituras são realizadas com pequenos intervalos entre as idades. Após a realização dos ensaios propostos e análise dos dados encontrados é possível constatar que todas as normas estudadas cumprem com o objetivo principal de caracterizar o agregado quanto à reatividade álcali sílica.
Abstract: The alkali-aggregate reaction (AAR) is a deleterious chemical reaction that involves sodium and potassium ions, mainly from Portland cement, some mineral phases that may be present in large aggregates or small amounts that in the presence of water can cause expansions in concrete structures. Knowing the mineralogy of the aggregate is fundamental, because avoiding the use of reactive aggregate prevents the appearance of this pathological manifestation. The objective of this work is to make a comparison between the different test methodologies for determining the expansion of concrete prisms by the accelerated method, Brazilian standard NBR 15577- 7:2018 with RILEM AAR-4.1:2016 and modified AASHTO T 380:2018. The methodologies proposed by NBR and RILEM are very similar, differing only in the amount of aggregates and cement consumption. The method proposed by AASHTO differs in the packaging and time of the test. As the intention of this research is to evaluate the conditions of the test environment the same mold size was maintained for all evaluated methodologies. For the execution of all tests it was used a reactive large aggregate and innocuous small aggregate. The specimens tested by the NBR and RILEM methods pointed out that the large aggregate used is reactive at first reading, where the dimensional variation of the prisms was greater than 0.03%, the limit proposed by both standards. The prisms behaved in relation to the very similar expansion. The methodologies proposed by NBR and RILEM last 20 weeks, with an interval of 5 weeks for each reading. Analyzing the results found in the test that was obtained with the packaging environment as proposed by AASHTO T380: 2018 it is possible to conclude that the speed of occurrence of the expansion is greater than in the other methodologies. This is because the test conditions are very aggressive. This lasts for 56 days, readings are taken with small intervals between ages. After conducting the proposed tests and analyzing the data found, it is possible to verify that all the studied standards fulfill the main objective of characterizing the aggregate in terms of alkali silica reactivity.
Palavras-chave: Dissertações
Materiais de construção
Reação álcalis-agregado
Dissertations
Construction materials
Alkali-aggregate reaction
Área(s) do CNPq: ENGENHARIA CIVIL::CONSTRUCAO CIVIL
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Mestrado em Engenharia Civil
Citação: MARINS, Jéssica Ferreira. Discussão sobre a caracterização da reatividade de agregados graúdo utilizados na fabricação de concretos. 2021. 74 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernanbuco - Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil. Mestrado em Engenharia Civil, 2021.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1438
Data de defesa: 19-Feb-2021
Appears in Collections:Engenharia Civil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ok_jessica_ferreira_marins.pdfDissertação na íntegra1,52 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons