Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1593
Tipo do documento: Tese
Título: Religiosidade, ansiedade e depressão em estudantes de Medicina e Teologia.
Autor: Falcão, Sérgio da Cunha 
Primeiro orientador: Souza, José Tadeu Batista de
Primeiro membro da banca: Correia Júnior, João Luiz
Segundo membro da banca: Chaves, José Afonso
Terceiro membro da banca: Souza, Josemar Jeremias Bandeira de
Quarto membro da banca: Aquino, Thiago Antonio Avellar de
Resumo: A interação religião e saúde existe desde a pré-história humana. Com o objetivo de analisar a influência da religiosidade, como fator de proteção ou risco, na ansiedade e depressão, foram realizadas pesquisas teóricas exploratório-bibliográfica e de revisão sistemática da literatura; complementadas por estudo de campo para comprovar ou refutar hipóteses de graus de religiosidade, prevalências de sintomas daquelas doenças e correlação negativa entre religiosidades e ansiedade/depressão em estudantes universitários de Medicina e Teologia. Foi realizado estudo transversal quantitativo e comparativo em amostras de alunos desses cursos, de Recife e João Pessoa, Brasil, em 2019; e mensurações por escalas: Índice de Religiosidade Duke versão em português (P-DUREL), subdividido em religiosidades organizacional, não organizacional e intrínseca; Escala de Atitudes Religiosas com 20 itens (EAR-20), subdividida em conhecimento, comportamento, sentimento e corporeidade religiosos; e Inventários de Ansiedade e Depressão de Beck (BAI; BDI), com valores de corte de 11 (BAI) e 14 (BDI) pontos. Análise estatística com SPSS versão 13.0 identificou distribuição normal; usado coeficiente correlacional de Pearson. A bibliografia explorada resultou em uma proposta de classificação das teodiceias. A revisão sistemática de 364 artigos resultou em 33 publicações: 24 com associação negativa (benéfica) entre religiosidade e depressão e 16 entre religiosidade e ansiedade; seis sem correlação estatística; e quatro com correlação positiva (maléfica). As hipóteses de maior grau de religiosidade e de menor grau de ansiedade e depressão nos alunos de Teologia (24% e 8% de prevalência dos sintomas), comparados aos de Medicina (45% e 25%), foram comprovadas. Na amostra total de 345 alunos, foi confirmada a hipótese de correlação negativa entre religiosidade, aferida pelas quatro atitudes da EAR-20 e três dimensões do P-DUREL, e ansiedade/depressão. A análise das subamostras de cada um dos cursos mostrou correlação negativa entre as quatro atitudes religiosas da EAR-20 e depressão, no curso de Medicina, e entre a atitude de conhecimento religioso e ansiedade/depressão no curso de Teologia. Correlação negativa entre as três religiosidades do P-DUREL e depressão foi observada no curso de Medicina, e apenas entre religiosidade intrínseca e ansiedade/depressão no curso de Teologia. A parte empírica da pesquisa teve sua limitação no fato de ter sido feito um estudo transversal; mas, traz uma metodologia sistematizada e replicável para ser usada em futuros estudos longitudinais que permitam melhor comparação entre alunos de cursos universitários diferentes e conclusões consistentes de causalidade.
Abstract: The interaction of religion and health has existed since human prehistory. In order to analyze the influence of religiosity, as a protective or risk factor, on anxiety and depression, theoretical exploratory-bibliographic research and systematic literature review were carried out; complemented by a field study to prove or refute hypotheses of degrees of religiosity, prevalence of symptoms of those diseases and negative correlation between religiosities and anxiety/depression in university students of Medicine and Theology. A quantitative and comparative cross-sectional study was carried out in samples of students from these courses, from Recife and João Pessoa, Brasil, in 2019; and measurements by scales: Duke Religiosity Index Portuguese version (P-DUREL); Religious Attitude Scale with 20 items (EAR-20); and Beck Anxiety and Depression Inventories, with cutoff values of 11 (BAI) and 14 (BDI) points. Empirical data were analyzed using the SPSS version 13.0 statistical package, and Pearson's correlation coefficient. The bibliography explored resulted in a proposed classification of theodicies. The systematic review of 364 articles resulted in 33 publications: 24 with a negative (beneficial) association between religiosity and depression and 16 between religiosity and anxiety; six without statistical correlation; and four with a positive correlation (malefic). The hypotheses of a lower degree of religiosity and a higher degree of anxiety and depression in Medicine students (45% and 25% prevalence of symptoms) compared to Theology students (24% and 8%) were confirmed. In the total sample of 345 students, the hypothesis of negative correlation between religiosity, measured by the four attitudes of EAR-20 and three dimensions of the P-DUREL, and anxiety/depression, was confirmed. The analysis of the subsamples of each of the courses showed a negative correlation between the four religious attitudes of EAR-20 and depression in the Medical Course, and between the attitude of religious knowledge and anxiety/depression in the Theology Course. Negative correlation between the three religiosities of the P-DUREL and depression was observed in the course of Medicine, and only between intrinsic religiosity and anxiety/depression in the course of theology.The empirical part of the research was limited by the fact that it was a cross-sectional study; however, it brings a systematized and replicable methodology to be used in future longitudinal studies that allow better comparison between students from different university courses and consistent conclusions of causality.
Palavras-chave: Teses
Religião - Aspectos da saúde
Estudantes de medicina
Estudantes de teologia
Religiosidade
Espiritualidade
Ansiedade
Depressão mental
Teodicéia
Theses
Religion - Aspects of health
Medical students
Theology students
Religiosity
Spirituality
Anxiety
Mental depression
Theodicy
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação
Programa: Doutorado em Ciências da Religião
Citação: FALCÃO, Sérgio da Cunha. Religiosidade, ansiedade e depressão em estudantes de Medicina e Teologia. 2022. 337 f Tese (Doutorado) - Universidade Católica de Pernambuco. Programa de Pós-graduação e inovação em Ciências da Religião. Doutorado em Ciências da Religião, 2022.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
Endereço da licença: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/4.0/
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/1593
Data de defesa: 23-Feb-2022
Appears in Collections:Ciencias da Religiao

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Ok_sergio_cunha_falcao.pdfTese na íntegra4,21 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons