Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/164
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorMorais Neto, Pedro Xavier de-
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1229675576169194por
dc.contributor.advisor1Queiroz, Edilene Freire de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8648212974895050por
dc.contributor.referee1Carneiro, Henrique Figueiredo-
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3235805127730480por
dc.contributor.referee2Frej, Nanette Zmeri-
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/8097757902159559por
dc.date.accessioned2017-06-01T18:08:38Z-
dc.date.available2012-10-02-
dc.date.issued2012-08-29-
dc.identifier.citationMORAIS NETO, Pedro Xavier de. A (de)missão paterna e suas incidências corporais. 2012. 204 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2012.por
dc.identifier.urihttp://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/164-
dc.description.resumoO presente trabalho é fruto de uma pesquisa de natureza teórica que teve como objetivo investigar a possível relação entre o que chamamos de demissão paterna e certos sintomas corporais que se tornaram frequentes na contemporaneidade. Para a realização do trabalho, partimos das considerações freudianas a respeito do pai e, avançando pelas proposições de Lacan a respeito da missão paterna, pudemos chegar ao sentido a ser dado ao que designamos com o termo demissão. Este designa o declínio das possibilidades operativas de exercício da função simbólica do pai como o resultado das características do laço social da atualidade. Por implicação, falar em demissão paterna não é rigorosamente a mesma coisa que falar em declínio da função paterna. Trata-se antes de perceber que o trabalho do pai como terceiro singular não se faz sem o respaldo do social, que em nossa época é tecido por um discurso que não pode senão contradizer este trabalho, no entanto indispensável à constituição subjetiva. Pretendemos demonstrar de que modo a demissão paterna põe em evidência novas formas de constituição subjetiva que, por sua vez, resultam na primazia do corpo e em determinados tipos de fenômenos corporais. Com o intuito de fomentar uma discussão proveitosa a respeito destes novos sintomas, resgatamos das obras de Freud e Lacan a concepção sustentada pelos autores a respeito dos sintomas corporais, ou pelo menos dos sintomas passíveis de inscrição no corpo. Por fim, tecemos nossas considerações a respeito do vínculo tácito e causal que, no nosso entendimento, une a demissão paterna a certos sintomas da atualidade onde o corpo aparece em primeiro plano. Abordamos ainda a grafia (de)missão paterna, que nos permitiu transmitir a ideia segundo a qual a função paterna se mantém operante, ainda que as condições já não sejam tão favoráveispor
dc.description.abstractThis work is the result of a theoretical research which aimedat investigating possible relations between what we call father demission and certain body symptoms that have become frequent in contemporaneity. In order to carry out the study, we have started from Freudian considerations regarding the father, proceeding to Lacan s propositions on the father s mission and arriving to the meaning of what we have designated with the term demission.It stands for the decline of operational possibilities to exercise the symbolic paternal function, as a result of nowadays social bond characteristics. Therefore, talking about father demission is not rigorously the same as talking about the decline of paternal function. It actually is about realizing that the father s role as athird cannot be done without social support, which in our time is crossed by a discourse that cannot but to contradict such role, being, however, indispensible to subjective constitution.We intend to demonstrate how does father demission put in evidencenew forms of subjective constitution that, thus, result in the primacy of the body in certain types of embodied phenomena.Aiming to promote a productive discussion on these new symptoms, we haveused Freud s and Lacan s conceptions of body symptoms, or at least symptoms subject to be inscribed in the body.Finally, we have built our considerations towardsthe tacit and causal linkage that, in our comprehension, unites father demission and some contemporary symptomsin which the body is highlighted. We have also brought attention to the structure of the term father (de)mission, which have allowed us to maintain the idea of an operational paternal function, even when the conditions for it are not so favorableeng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2017-06-01T18:08:38Z (GMT). No. of bitstreams: 1 dissertacao_pedro_xavier.pdf: 1218822 bytes, checksum: f9d9606b054cdb0211b32f68ee1e69a5 (MD5) Previous issue date: 2012-08-29eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Católica de Pernambucopor
dc.publisher.departmentPsicologia Clínicapor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUNICAPpor
dc.publisher.programMestrado em Psicologia Clínicapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectdissertaçõespor
dc.subjectpsicologia clínicapor
dc.subjectpsicopatologiapor
dc.subjectgozopor
dc.subjectpaternidade - aspectos psicológicospor
dc.subjectdissertationseng
dc.subjectclinical psychologyeng
dc.subjectpsychopathologyeng
dc.subjectenjoymenteng
dc.subjectpaternity - psychological aspectseng
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIApor
dc.titleA (de)missão paterna e suas incidências corporaispor
dc.typeDissertaçãopor
Appears in Collections:Psicologia Clinica



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.