Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/169
Tipo do documento: Dissertação
Título: A equipe de saúde em uma UTI geral-adulto, a experiência de cuidar da vida e da morte
Autor: Costa, Josemary Karlla Chaves da 
Primeiro orientador: Barreto, Carmem Lúcia Brito Tavares
Primeiro membro da banca: Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida
Segundo membro da banca: Morato, Henriette Tognetti Penha
Resumo: Esta pesquisa é fruto de inquietações e questionamentos da pesquisadora em uma UTI geral/adulto, seu campo de ação clínica. A questão que norteou a pesquisa buscou compreender a experiência de uma equipe de saúde em uma UTI/geral adulto. A interrogação inicial desdobrou-se em novas perguntas: como as ações da equipe podem ser complementares no contexto da UTI, cuja prioridade é salvar a vida do paciente, considerando, também, o cuidado integral do paciente. Como a equipe lida com as questões da morte e do morrer em seu cotidiano de trabalho, e quais as repercussões dessa experiência no modo como acontecem as intervenções junto ao paciente e familiares? Quais os prejuízos decorrentes da fragmentação do saber na modernidade, nas ações da equipe de saúde na situação de intervenção em uma UTI geral/ adulto. E quais as possíveis contribuições da ação clínica do psicólogo, fundada numa perspectiva fenomenológica existencial, no modo de funcionar da equipe de saúde. A dissertação está organizada em três artigos: dois teóricos e um empírico. O primeiro artigo teórico, trata da ação de uma equipe de saúde em UTI, teve como metodologia a pesquisa bibliográfica. Em seu desenvolvimento, busca traçar o surgimento da UTI e a evolução da assistência hospitalar ao doente grave, ressaltando os eminentes personagens da história do intensivismo; caracteriza o modelo atual de UTI no Brasil e descreve como a equipe multiprofissional foi se estabelecendo neste contexto de ação; apresenta, ainda, o cotidiano de trabalho da equipe e o quanto sua rotina é atravessada pelas questões da vida e da morte. O segundo artigo, também com metodologia bibliográfica, enfoca o acontecer da equipe de saúde em uma Unidade de Terapia Intensiva. Para tanto, aborda a fragmentação do saber na modernidade e sua ressonância na prática do profissional de saúde, delineando o fenômeno da hiperespecialização e as relações disciplinares; além disso, demarca a ação do psicólogo na equipe da UTI, numa perspectiva da fenomenologia existencial. Por fim, o terceiro artigo foi desenvolvido a partir de uma pesquisa qualitativa de cunho fenomenológico. A questão da pesquisa, vinculada aos objetivos da dissertação, foi trabalhada em um encontro com seis profissionais de saúde que fazem parte de equipes multidisciplinares em um Centro de Terapia Intensiva de um hospital da rede privada na cidade de Recife, cujos dados foram analisados a partir da Analítica de Sentido de Critelli. Como resultado observou-se que uma única área de conhecimento não pode dar conta da complexidade do fenômeno do adoecimento; que o trabalho em equipe exige colaboração, de modo que as ações no campo possam revelar uma fusão de horizontes , com possibilidades para o iniciar de uma outra/nova compreensão da ação em con-junto.
Abstract: This research is the result of concerns and questions of the researcher in a general ICU / adult, in his field of clinical action. The question that guided the research sought to understand the experience of a team of health care at ICU / general adult. The paper is organized into three parts: two theoretical papers and empirical one. The initial interrogation lead us to new questions: how the team's actions may be complementary in the context of the ICU, whose priority is to save the patient´s life, considering also the holistic care of the patient. As the team deals with issues of death and dying in their daily work, and what the repercussions of this experience happen in the way the interventions with the patient and family? What are the negative effects of fragmentation of knowledge in modernity, the actions of the health team in a position to intervene at the ICU / general adult. And what are the possible contributions of the psychologist's clinical action based on an existential phenomenological perspective, mode of functioning of the health team. The first theoretical paper deals with the action of a health team in the ICU, had the methodology literature.About the development outlines around the emergence of the historical evolution of the ICU and hospital care to the ill person, emphasizing the prominent characters in the history of intensive care. It also aims to characterize the current model of ICU in Brazil and it describes how the multidisciplinary team was establishing itself in this context of action. It also displays the daily work of the team and how your routine is crossed by the issues of life and death. The second article, also with the methodology literature, focuses on the happening of the health team at intensive care unit. To do so, addresses the fragmentation of knowledge in modernity and resonances in the practice of health professionals outlining the phenomenon of hyperdisciplinary and relationships. Moreover, the action marks the psychologist in ICU team perspective of existential phenomenology. Finally, the third article was developed from a qualitative study of a phenomenological. The question of research, linked to the aims of the dissertation, was crafted in a meeting with six health professionals who are part of multidisciplinary teams in the intensive care unit of a private hospital network in the City of Recife and the data were analyzed from the Analytical Sense Critelli. As a result it was observed that a single area of knowledge does not account for the complexity of the phenomenon of illness that requires teamwork, collaboration, so thatthe actions in the field may prove a "fusion of horizons" with possibility to start another /new understanding of action in a set.
Palavras-chave: dissertações
psicologia clínica
psicologia clínica da saúde
fenomenologia existencial
psicólogos clínicos
morte - aspectos psicológicos
unidade de tratamento intensivo
terapeuta e paciente
doentes hospitalizados - psicologia
dissertations
clinical psychology
clinical health psychology
existencial phenomenology
clinical psychologists
death - psychological aspects
intensive care units
therapist and patient
hospital patients - psychology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Psicologia Clínica
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica
Citação: COSTA, Josemary Karlla Chaves da. A equipe de saúde em uma UTI geral-adulto, a experiência de cuidar da vida e da morte. 2012. 120 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2012.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/169
Data de defesa: 9-Nov-2012
Appears in Collections:Psicologia Clinica



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.