Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/188
Tipo do documento: Dissertação
Título: Reflexões sobre as dores corporais crônicas fibromiálgicas e suas relações com a melancolia
Autor: Henriques, Carolina Cavalcanti 
Primeiro orientador: Queiroz, Edilene Freire de
Primeiro membro da banca: Rocha, Zeferino de Jesus Barbosa
Segundo membro da banca: Fernandes, Maria Helena da Silva
Terceiro membro da banca: Ferraz, Carlos Henrique
Quarto membro da banca: Francisco, Ana Lúcia
Resumo: Na clínica contemporânea, temos nos defrontado com novas expressões de sofrimento, nas quais o corpo ganha destaque. Entre os fenômenos recorrentes encontramos a dor crônica e as fibromialgias. Os estudos sobre esses assuntos apresentam posições distintas: uns consideram tais dores como fenômenos histéricos, outros, como uma manifestação do corpo deprimido. Pretendemos verificar as especificidades das dores crônicas, desde a possibilidade de uma manifestação histérica ou depressiva, mas avançando na hipótese de que elas possam ser manifestações do quadro melancólico. Tomaremos a teoria de Freud como principal fonte dos nossos estudos sobre a melancolia e cotejaremos também autores mais recentes que tratam do fenômeno da dor, particularmente os da psicossomática psicanalítica. Os pacientes que nos mobilizaram a empreender tais estudos foram aqueles que apresentavam traços curiosos: pouca fluidez pulsional, desânimo, dores em vários pontos do corpo, sintomas psicossomáticos, ansiedade bastante expressiva e, geralmente, marcados por uma falta de sentido, conotando, de um lado, traços melancólicos e, de outro, sintomas somáticos. Na melancolia, trata-se de uma perda na vida pulsional enquanto que no sofrimento decorrente de um luto normal, isso não acontece; a libido se desprende do objeto, devido a uma posição ocupada por esse objeto perdido, em que havia um duplo trabalho a ele dirigido, de amor e ódio, portanto passível de ser elaborado, no nível consciente. Nesse mesmo texto, ele mostra que no luto patológico, o objeto perdido mantém-se investido, libidinalmente, tendo como consequência um apego a ele, sem que ele possa ser elaborado, causando, portanto, uma sombra do objeto sobre o próprio ego do sujeito. Isso significa que há um hiper investimento narcísico no objeto, no qual o sujeito se fixa colando nele. Num mundo voltado para o individualismo, para o narcisismo e sem ideais é provável que se estimule mais esse encapsulamento, impedindo o sujeito de se vincular. Na clínica contemporânea os sintomas são mais dessa natureza: são primários, de caráter narcísico, no qual o sujeito se vê encapsulado num mundo vazio e sem significação. Nesse contexto, pensamos ser mais propício falar de sujeitos melancólicos, distinto dos deprimidos, pois estes fazem uma retirada do investimento libidinal, mas mantém uma relação com objeto.
Abstract: In contemporary practice, we have been faced with new expressions of suffering, in which the body gets featured. Among the recurring phenomena found chronic pain and fibromialgia. Studies on these subjects feature distinct positions: some consider such pain as hysterical phenomena, others as a manifestation of the body down. We intend to verify the specifics of chronic pain, since the possibility of a hysterical demonstration or depressed, but advancing the hypothesis that they may be manifestations of melancholic framework. Take the theory of Freud as the main source of our studies on the melancholy and cotejaremos also latest authors dealing with the phenomenon of pain, particularly the psychoanalytic literature. Patients who mobilized us to undertake such studies were those that were curious traits: low fluidity pulsional, dismay, pain in various parts of the body, psychosomatic symptoms, anxiety quite expressive and usually marked by a lack of sense, connoting, on the other hand, melancholic traits and somatic symptoms. In melancholy, a loss in pulsional life while suffering from a normal grief, that doesn't happen; libido peels back the object, due to a position occupied by this lost object, in which there was a double job to him directed, of love and hate, so liable to be drafted in the conscious level. In this same text, it shows that in the pathological mourning, the missing object remains invested, libidinalmente, resulting in an attachment to him, without it can be elaborated, causing therefore a shadow of the object about the subject's ego itself. That means there's a hyper narcissistic investment in object, in which the subject is fixed by pasting it. In a world facing individualism, for narcissism and without ideals is likely to stimulate more this encapsulation, preventing the subject from link. In contemporary clinical symptoms are more of this nature: are primary, narcissistic character, in which the subject finds himself wrapped in a world empty and without meaning. In this context, we think it's more conducive to speak of melancholy subjects, distinct from the depressed, because these make a libidinal investment withdrawal, but maintains a relationship with object.
Palavras-chave: dissertações
psicologia clínica
dor crônica - aspectos psicológicos
fibromialgia - aspectos psicológicos
narcisismo - aspectos psicológicos
sofrimento - aspectos psicológicos
melancolia
depressão mental
psicanálise
histeria
dissertations
clinical psychology
chronic pain - psychological aspects
fibromyalgia - psychological aspects
narcissism - psychological aspects
suffering - psychological aspects
melancholy
mental depression
psychoanalysis
hysteria
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Psicologia Clínica
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica
Citação: HENRIQUES, Carolina Cavalcanti. Reflexões sobre as dores corporais crônicas fibromiálgicas e suas relações com a melancolia. 2013. 85 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/188
Data de defesa: 11-Oct-2013
Appears in Collections:Psicologia Clinica



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.