Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/193
Tipo do documento: Dissertação
Título: Violência e sofrimento nas relações íntimo-afetivas : possibilidades compreensivas no contexto de uma delegacia da mulher
Autor: Paixão, Leilane Almeida 
Primeiro orientador: Barreto, Carmem Lúcia Brito Tavares
Primeiro membro da banca: Lima, Darlindo Ferreira de
Segundo membro da banca: Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida
Resumo: O presente estudo teve como objetivo compreender o modo como se desvela o sofrimento, decorrente da violência nas relações íntimo-afetivas entre homens e mulheres, numa delegacia da mulher. Nesse trabalho, buscou-se pensar a violência relacionada a um mal-estar na contemporaneidade, vislumbrado pelo advento da técnica moderna e suas implicações para o Dasein, em seus modos de pensar, ser e estar no mundo. Para tanto, foi desenvolvido um estudo qualitativo, baseado na perspectiva fenomenológica existencial heideggeriana. Como estratégias de ação, foram realizados três meses de observação participante na Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (DEAM) de Recife-PE, bem como entrevistas narrativas de cunho etnográfico com 05 colaboradores: 03 mulheres e 02 homens. O conteúdo dos diários de bordo da pesquisadora, produzidos durante as observações, bem como as narrativas dos colaboradores, foram compreendidos à luz da Analítica do Sentido de Critelli (1996). As experiências observadas em campo e trazidas a partir das narrativas apontam para sentidos cristalizados nos modos de ser-com-o-outro, que se apresentam no cotidiano da DEAM através de cenas e queixas de ciúmes, sentimentos de posse, controle, tentativas de restrição do poder-ser do outro, rigidez nas posições binárias de gênero. Predominam nestes modos de ser-com, relações utilitárias em que o outro parece se configurar como instrumento a ser utilizado para algum benefício. Desvelam-se, ainda, nesse contexto, concepções sobre a violência mergulhadas no vazio impessoal, pautadas na falta de reflexão e em valores sociais pré-formatados que, por vezes, naturalizam a violência como única possibilidade de ser-com-o-outro em situações de conflito. Nesse contexto, a delegacia passa a ser convocada para que, através da lei, sejam adotadas medidas punitivas, repressivas e protetivas, na busca de aplacar a ignorância e amortecer a dor. Contudo, observa-se que, muitas vezes, a lei não consegue dar conta dessa violência que se alastra, tampouco de amparar o sofrimento das pessoas. Conclui-se que se faz cada vez mais importante problematizar, a partir de um pensamento que medita, a intensificação da violência e do desamparo na contemporaneidade, ensejada pelas implicações niilizantes da técnica moderna. Além disso, na medida em que o contexto sociocultural parece apontar para uma banalização do sofrimento humano, torna-se crucial pensar o acolhimento às mulheres e aos homens em situação de violência, a partir de uma ação clínica que não se deixe capturar pelos estereótipos binários vítima versus agressor , culpado versus inocente , masculino versus feminino ; mas que abarque o humano, considerando esse seu momento histórico de desvelamento do ser.
Abstract: The present study aimed to understand how the suffering resulting from violence in intimate-affective relationships between men and women is revealed, at a police station dedicated to crimes against women. In this work, we tried to think of violence as related to a malaise in contemporary times, glimpsed by the advent of modern technology and its implications for Dasein, in its ways of thinking and being in the world. Therefore, we developed a qualitative study based on Heideggerian existential phenomenological perspective. As strategies for action, there were three months of participant observation in the Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher (Specialized Precinct to Assistance of Women - DEAM) in Recife - PE, as well as narratives of ethnographic interviews with 05 employees : 03 women and 02 men. The content of logbooks of the researcher, produced during the observations, as well as the narratives of employees, were understood in the light of Critelli's Analytical Sense (1996). Experiences observed in the field and brought to the narratives indicate crystallized meanings in the ways of being-with-others, which feature in daily routine of DEAM through jealousy scenes and complaints, feelings of ownership and control, attempts to restrict other person's possibility of being, rigidity in the gender binary positions. Utilitarian relationships predominate in these ways of being-with, in which the other person seems to be set up as a tool to be used to some benefit. Conceptions about violence dipped in impersonal void are revealed, still in this context, ruled by the lack of thought and by preformatted social values which sometimes naturalize violence as the only possibility of being-with-others in conflict situations. In this context, the precinct is convened to, by law, adopt punitive, repressive and protective measures, seeking to placate ignorance and dull the pain. However, it is observed that, often, the law cannot cope with such violence that is spreading, as well as shield people from suffering. We conclude that it becomes increasingly important to discuss, from a meditating thought, the intensification of violence and helplessness in contemporaneity, occasioned by the nihilistic implications of modern technology. Moreover, to the extent that the sociocultural context seems to point to a trivialization of human suffering, it is crucial to think a way to care of women and men in situations of violence, from a clinical action that does not let stereotypes captured by binary "victim versus aggressor", "guilty versus innocent", "male versus female", but encompassing the human whole, considering this historical moment of its unveiling of being.
Palavras-chave: dissertações
psicologia clínica
fenomenologia existencial
violência contra as mulheres - aspectos psicológicos
psicologia existencial
sofrimento - aspectos psicológicos
psicologia fenomenológica
dissertations
clinical psychology
existential phenomenology
violence against women - psychological aspects
existential psychology
suffering - psychological aspects
phenomenological psychology
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Psicologia Clínica
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica
Citação: PAIXÃO, Leilane Almeida. Violência e sofrimento nas relações íntimo-afetivas : possibilidades compreensivas no contexto de uma delegacia da mulher. 2014. 118 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2014.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/193
Data de defesa: 20-Jan-2014
Appears in Collections:Psicologia Clinica

Files in This Item:
File SizeFormat 
leilane_almeida_paixao.pdf32,86 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.