Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/212
Tipo do documento: Dissertação
Título: A experiência da paliação: um olhar a partir do modo próprio de subjetivar-se diante do adoecer
Autor: Dantas, Margarida Maria Florêncio 
Primeiro orientador: Amazonas, Maria Cristina Lopes de Almeida
Primeiro membro da banca: Barreto, Carmem Lúcia Brito Tavares
Segundo membro da banca: Vieira, Luciana Leila Fontes
Resumo: O presente trabalho traz uma reflexão a respeito do lidar com a iminência da morte diante de um adoecimento, na perspectiva das pessoas que escolheram a paliação como forma de tratamento. Para tanto, o objetivo desta pesquisa é a compreensão de como um sujeito gravemente doente, sem possibilidade de cura, experiencía a paliação, como possibilidade de vivenciar sua enfermidade. Assim, o estudo focaliza os sentidos atribuídos à paliação, o processo de escolha deste tratamento e os impactos desta escolha. Foram entrevistados cinco sujeitos que optaram pela paliação como modo de tratamento diante de um diagnóstico de impossibilidade de cura de suas doenças. Para a produção dos dados da pesquisa, foram utilizadas as observações da pesquisadora registradas em um Diário de Campo e a escuta dos sujeitos doentes, através de uma entrevista semidirigida gravada e transcrita literalmente. A análise das narrativas e deste diário se deu a partir de uma análise descritiva de inspiração foucaultiana. Com relação aos resultados, é possível dizer que cada sujeito que escolheu a paliação, o fez diante do quadro clínico estabelecido. Assim, eles se ocuparam consigo, olharam para si, para suas necessidades, expectativas, fazendo da paliação um estilo de vida. Estes pacientes consideraram a consciência de sua finitude, em meio ao gerenciamento da morte pela equipe de saúde, e se constituíram como sujeito de seus atos, considerando suas prioridades: a família, o trabalho, o lazer e a qualidade de vida. O que os fez lidar com segurança e firmeza com os impactos desta escolha, a negação dos familiares com relação a ela, por exemplo. Diante disso, conclui-se que apesar de um gerenciamento da equipe de saúde em favor da paliação, vendo-a como a boa morte, é possível o sujeito doente realizar esta escolha a partir do seu modo próprio de subjetivar-se diante do adoecer, o que faz esta escolha ter um significado singular, particular, para o sujeito que a considera.
Abstract: The present work brings a reflection about the deal with the imminence of death before an illness, in the perspective of the people who chose the form of palliation treatment. To that end, the objective of this research is to understand how a subject seriously ill, without possibility of cure, palliation, experiencía as a possibility to experience their illness. Thus, the study focuses on the meanings assigned to palliation, the process of choosing this treatment and the impact of this choice. Five subjects who were interviewed opted for palliation for treatment before a diagnosis of impossibility of curing their illnesses. For the production of research data, the researcher's observations were recorded in a field journal and listening to the sick subjects, through a semidirected interview recorded and transcribed verbatim. The analysis of the narratives and this journal came from a descriptive analysis of inspiration s Foucault. With respect to the results, it is possible to say that every guy who chose the alleviation, made before the established clinical picture. Thus, they occupied with you, look at you, for your needs, expectations, making alleviation a lifestyle. These patients considered the conscience of his finitude, amid the management of death by the health team, and constituted as subject of their actions, considering its priorities: family, work, leisure and quality of life. What made them deal safely and securely with the impacts of this choice, the negation of the relatives towards her, for example. Given this, it is concluded that despite a health team management in favor of palliation, seeing her as the good death, it is possible the subject ill make this choice from its own mode of subjects to subjetive before falling ill, which makes this choice have a singular meaning, particularly, to the guy who considers.
Palavras-chave: dissertações
psicologia clínica
tratamento paliativo
bioética
qualidade de vida
dor - aspectos psicológicos
dissertations
clinical psychology
palliative treatment
bioethics
quality of life
pain - psychological aspects
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Psicologia Clínica
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/212
Data de defesa: 28-Jan-2015
Appears in Collections:Psicologia Clinica



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.