Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/354
Tipo do documento: Dissertação
Título: A simbologia da resistência política no livro do apocalipse : hermenêutica a partir de ap 17,1-18
Autor: Melo, Jair Rodrigues 
Primeiro orientador: Correia Júnior, João Luiz
Primeiro membro da banca: Malzoni, Cláudio Vianney
Segundo membro da banca: Strieder, Inácio Reinaldo
Resumo: O presente trabalho versa sobre o processo de simbolização da resistência presente no livro do Apocalipse. A pesquisa busca analisar as relações entre o conjunto de símbolos utilizados no livro e a resistência política das comunidades cristãs diante da opressão do Império Romano no alvorecer do Cristianismo. Nesse sentido, a partir de uma metodologia de natureza bibliográfica, fomenta uma reflexão crítica entre o texto e o contexto do Apocalipse, visto como literatura engajada com a oposição às condições opressoras às quais muitas comunidades cristãs estavam sujeitas. O trabalho está dividido em três capítulos: no primeiro, é discutido o contexto sócio-histórico das comunidades cristãs, que favoreceu o surgimento do Apocalipse. No segundo, é feita uma análise do texto de Ap 17,1-18 do ponto de vista exegético e hermenêutico. Por fim, no terceiro, são discutidas as formas através das quais alguns símbolos descritos fazem críticas à opressão política do Império Romano.
Abstract: This work is about the process of symbolization of resistance present in the book of Revelation. The research analyzes the relationship between the set of symbols used in the book and the political resistance of the Christian community on the oppression of the Roman Empire at the dawn of Christianity. Accordingly, from a bibliographical methodology, this study encourages critical reflection between the text and the context of Revelation, seen as engaged literature with the opposition to oppressive conditions to which many Christian communities were subject. The work is divided into three chapters: the first discusses the socio-historical context of Christian communities that favored the emergence of Revelation. The second is an analysis of the text of Revelation 17,1-18 in terms of exegetical and hermeneutical. Finally, the third discusses the ways in which some symbols are described criticism of the political oppression of the Roman Empire.
Palavras-chave: bíblia - hermenêutica
literatura apocalíptica
religião e sociologia
bíblia. N.T. Apocalipse
dissertações
bible - hermeneutics
apocalyptic literature
religion and sociology
bible. N.T. revelation
dissertations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Ciências da Religião
Programa: Mestrado em Ciências da Religião
Citação: MELO, Jair Rodrigues. A simbologia da resistência política no livro do apocalipse : hermenêutica a partir de ap 17,1-18. 2013. 96 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Religião) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/354
Data de defesa: 1-Dec-2013
Appears in Collections:Ciencias da Religiao

Files in This Item:
File SizeFormat 
jair_ rodrigues_melo.pdf417,21 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.