Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/774
Tipo do documento: Dissertação
Título: Uma análise discursiva da canção buarqueana na época da ditadura : silenciamento ou resistência?
Autor: Moraes, Alba Valeria da Silva 
Primeiro orientador: Azevedo, Nadia Pereira da Silva Gonçalves de
Primeiro membro da banca: Fonte, Renata Fonseca Lima da
Segundo membro da banca: Nardi, Fabiele Stockmans de
Resumo: As canções de protesto tornam-se um campo fecundo para os estudos da Análise do discurso. O presente trabalho apresenta nossas análises sobre estas canções produzidas durante o regime militar brasileiro. Filiando-nos à Análise do Discurso de Linha Francesa de Michel Pêcheux (1938 1983) e desenvolvida no Brasil por Eni Orlandi e seguidores, buscamos nesse trabalho investigar o efeito metafórico presente nas canções de protesto, o não-dito que está presente no silêncio e que se expressa através das metáforas utilizadas por Chico Buarque. Este trabalho tem como objetivo principal investigar o discurso político-poético das canções de protesto ou resistência produzidas durante o Regime Militar Brasileiro, no que se referem aos silenciamentos presentes nas canções de Chico Buarque nos anos de 1964 a 1974. Formulamos a hipótese que a canções produzidas durante o período de repressão, principalmente as de Chico Buarque, são documentos históricos que manifestaram um discurso de contestação e de mobilização. Selecionamos três canções para análise composta por Chico Buarque no período de 1964 a 1974, levando em consideração as condições de produção, tendo como base analítica a Análise do Discurso de linha francesa. Durante o percurso de análise, a pesquisa e constituição de recortes discursivos foram importantes para delimitar nosso campo de atuação. Analisaremos aqui os efeitos de sentidos possíveis presentes na canção buarqueana, explorando a resistência ao regime militar abordada pelo compositor em suas composições. Por meio da AD observamos que o locutor quer dizer, mas fica impedido de fazê-lo em função da censura, ou seja, o silêncio funcionando como resistência contra a censura, isto sendo uma constante em toda a análise. Nossas considerações partem a priori de questões trazidas para debate e entrelaçadas a partir do efeito metafórico através das formações discursivas que mobilizam novos sentidos e o discurso do sujeito compositor que evidencia o silêncio local (censura). Nossos apontamentos irão privilegiar as propriedades discursivas do discurso político analisado no período histórico e, como funcionava, identificando os efeitos de sentido que colocam em evidência tal discurso.
Abstract: The protest songs become a fruitful field for the study of discourse analysis. This paper presents our analysis of these songs produced during the Brazilian military regime. Joining the French Discourse Analysis (DA) of Michel Pecheux (1938 - 1983) developed in Brazil by Eni Orlandi and followers , this study sought to investigate the metaphorical effect on these protest songs the unsaid that is present in the silence and is expressed through the metaphors used by Chico Buarque. This study aims at investigating the poetic-political discourse of resistance or protest in songs produced during the Brazilian military regime, regarding this silencing in songs by Chico Buarque in the years 1964 to 1974. We hypothesized that the songs produced during the period of repression, especially by Chico Buarque, are historical documents which indicated a discourse of contestation and mobilization. Three songs selected for analysis comprised Chico Buarque in the period from 1964 to 1974, taking into account the conditions of production, based on analytical Discourse Analysis of French line. During the course of analyses, research and discursive constitution of clippings were important to delimit our field. Here we analyze the effects of possible meanings present in songs by Buarque, exploring the resistance to the military regime addressed by the composer in his compositions. By the use of DA, we noted that the speaker wants to say something but is prevented from doing so due to censorship, ie, silence working as resistance against censorship, it is a constant throughout the analysis. A priori, our considerations are brought for discussion of issues and intertwined from the metaphorical effect through discursive formations that mobilize new meanings and subject discourse that reflects the composer s silence site (censorship). Our notes will focus on the discursive properties of political discourse analyzed in the historical period, and how it worked, identifying the effects of meaning which show such discourse.
Palavras-chave: lingüística
metáfora
análise do discurso
dissertações
censura
linguistics
metaphor
discourse analysis
dissertations
censorship
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Ciências da Linguagem
Programa: Mestrado em Ciências da Linguagem
Citação: MORAES, Alba Valeria da Silva. Uma análise discursiva da canção buarqueana na época da ditadura : silenciamento ou resistência?. 2013. 143 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Linguagem) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/774
Data de defesa: 6-Mar-2013
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.