Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/780
Tipo do documento: Dissertação
Título: Sujeito e autoria em artigos de opinião de alunos do ensino médio integrado : uma abordagem discursiva
Autor: Holanda, Maria Simone da Silva 
Primeiro orientador: Melo, Maria de Fátima Vilar de
Primeiro membro da banca: Silva, Silmara Cristina Dela da
Segundo membro da banca: Azevedo, Nadia Pereira da Silva Gonçalves de
Resumo: Percebe-se que, em muitas escolas, o ensino da língua portuguesa ainda ocorre sob o enfoque da transparência da linguagem, numa abordagem conteudista. Em relação à autoria em produções escritas de alunos, observa-se que a designação de autor geralmente está associada à ideia de escritor de obras artísticas, literárias ou científicas. No entanto, o presente trabalho tem como proposta analisar a ocorrência de autoria em recortes de um corpus constituído de artigos de opinião, textos dissertativo-argumentativos produzidos por alunos do Ensino Médio Integrado de uma Instituição de Ensino. Nesse contexto, considera-se relevante a noção de sujeito como posição discursiva, buscando compreender como se dá o processo de assunção e/ou interdição da autoria. Para tanto, recorreu-se aos pressupostos teóricos da Análise do Discurso de linha francesa, a AD, pautados nos estudos de Pêcheux. Nesse quadro teórico, são enfocados os conceitos sobre sujeito, autoria, texto, discurso, formações discursivas, ideologia, memória discursiva e condições de produção. Ressalta-se ainda, em função das especificidades do corpus, a importância das contribuições teóricas de autores como Foucault, Gallo, Indursky, Lagazzi, Orlandi, Pacífico, Pfeiffer e Tfouni que abordam também a questão do sujeito e da função-autor. Busca-se, nesta pesquisa, investigar as possibilidades de o sujeito movimentar-se ao produzir um texto argumentativo, a sua inscrição em uma memória discursiva, no repetível histórico, em determinado espaço sócio-ideológico. Para melhor entendê-la, é fundamental conhecer o conceito de interpretação e sentido, não pensado como um mero processo de decodificação, uma vez que a linguagem é histórico-social. Cabe dizer que, na AD, a interpretação está ligada ao sujeito, à história e à ideologia. Dessa forma, a interpretação leva à autoria, já que trabalha com o interdiscurso. No que concerne ao sentido, ele ocorre por meio dos gestos de interpretação, a partir da posição sujeito, numa dada formação discursiva. Com isso, é importante salientar que a metodologia adotada neste trabalho baseia-se na abordagem qualitativa, tendo em vista a análise de recortes de artigos de opinião, observando neles a tensão entre a paráfrase e a polissemia, a presença de marcas de heterogeneidade linguística e ideológica no funcionamento discursivo que apontem indícios de autoria, as formas de repetição do sentido no texto, a inscrição do sujeito em determinado espaço sócio-ideológico. Nesse enfoque, a AD fornece um dispositivo teórico que permite ao analista a identificação de tais elementos, partindo do pressuposto de que o sujeito pode ou não ocupar a posição de autor do seu discurso. Com base nessas considerações, vale ressaltar que os resultados alcançados no que diz respeito ao sujeito e à autoria em artigos de opinião mostram que houve o exercício da função-autor, apesar de boa parte dos alunos não ter conseguido assumir essa posição discursiva no trabalho com a argumentação no contexto escolar, uma vez que as atividades de leitura e escrita ainda estão restritas ao discurso da escola, à imposição de modelos padronizados, ao campo da repetição formal, em que o sujeito apenas repete o dizer, não o historiciza de modo interpretável, como considera Orlandi.
Abstract: It is noticed that, in many schools, the teaching of the Portuguese language still occurs from the standpoint of transparency of language, a content-based approach. Regarding to the students' authority of written productions, it is observed that the designation of the author is often associated with the idea of artistic production, literary or scientific. However, the present work aims to analyze the occurrence of authoring clippings of a corpus of opinion articles, dissertation-argumentative texts produced by integrated high school students of an educational institution. Thus, it is relevant the notion of subject as a discursive position, aiming to understand how the process of taking and/or banning of authorship. Therefore, we used the theoretical Discourse Analysis of French, AD, guided by the Pêcheux s studies. In this theoretical framework, we focused on the conception of subject, authorship, text, discourse, discursive formations, ideology, discursive memory and production conditions. It is noteworthy, according to the specificities of the corpus, the importance of theoretical contributions from authors such as Foucault, Gallo, Indursky, Lagazzi, Orlandi, Pacific, and Pfeiffer Tfouni that also address the question of the subject and the author function. It s intended, in this study, to investigate the possibilities of movement of the subject towards the production of an argumentative text, its insertion in discursive memory as well as historical repeatable, in specific socio-ideological position. In order to getting a better comprehension of it, it is essential to understand the concept of interpretation and meaning, not thought as a mere decoding process, since the language is socio-historical. It must be said that in AD, the interpretation is linked to the subject, the history and ideology. Thus, the interpretation leads to authorship, since it works to interdiscourse. The sense, in turn, occurs through gestures of interpretation, from the position of subject in a given discursive formation. Thereby, it is important to understand that the methodology adopted in this work is based on a qualitative approach, focused on the analyses clippings opinion articles, considering in them the intrinsic tension between paraphrase and polysemy, the presence of linguistic marks as well as ideological heterogeneity in the discursive operation that point authorship marks, the forms of repetition of meaning in the text, the inscription of the subject in a specific socio-ideological position. In this approach, AD provides theoretical device that allows the analyst to identify such elements, assuming that the subject may, or not, occupy the position of the author of his speech. Based on these considerations, it is worth realize that the results achieved regarding to the subject and written opinion articles show that there was exercise of author function, even though many of the students could not take this discursive position in his work with the argument text in the context of school, since the activities of reading and writing are still restricted to the school speech, which is implicit the imposition of standard models and formal repetition and, therefore, the subject just reproduces the speech, not historicizes it in a interpretable way, as consider Orlandi.
Palavras-chave: análise do discurso
autoria
dissertações
discourse analysis
authorship
dissertations
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Ciências da Linguagem
Programa: Mestrado em Ciências da Linguagem
Citação: HOLANDA, Maria Simone da Silva. Sujeito e autoria em artigos de opinião de alunos do ensino médio integrado : uma abordagem discursiva. 2013. 121 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Linguagem) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2013.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/780
Data de defesa: 29-Aug-2013
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.