Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/788
Tipo do documento: Dissertação
Título: A oralidade nas aulas de língua portuguesa : a produção do gênero debate
Autor: Barros, José Batista de 
Primeiro orientador: Barros, Isabela Barbosa do Rêgo
Primeiro membro da banca: Caiado, Roberta Varginha Ramos
Segundo membro da banca: Cortez, Suzana Leite
Resumo: Esta pesquisa tem por objetivo geral analisar o uso da oralidade nas aulas de língua materna do 8º ano do Ensino Fundamental no contexto pedagógico do estudo do gênero oral debate público regrado como conteúdo curricular. As bases epistemológicas que norteiam este trabalho estão fundadas em teorias que têm como ponto de interseção a perspectiva enunciativa de estudos da linguagem, para citar, as proposições de Bakhtin/Volochinov (2002) sobre a filosofia interacional da linguagem; a Teoria dos Gêneros do Discurso de Bakhtin (2003) pautada no dialogismo da interação comunicativa, bem como nos fundamentos associados à discussão da oralidade e do letramento na perspectiva sociointeracionista apresentada por Marcuschi (2001, 2002, 2003, 2004, 2008) e nas proposições de Dolz & Schneuwly (2011) acerca da didática dos gêneros textuais orais e escritos na escola. A análise em tela é de base predominantemente qualitativa, cujo universo da pesquisa trata-se de aulas de Língua Portuguesa do Ensino Fundamental realizadas no Colégio de Aplicação da UFPE. A amostra principal compõe-se de quatro debates, observados numa turma de 8º ano do Ensino Fundamental. O corpus da investigação é composto por questionários de pesquisa aplicados a alunos e professor; registros de observações de aulas; fotografias e áudio referente aos debates; recursos materiais usados pelos participantes no debate. Os resultados apontam para uma melhor compreensão dos usos da oralidade na escola com base no estudo do gênero debate: a) Professor e alunos compreendem a função social e discursiva do gênero no escopo das práticas interativas com a linguagem verbal; b) A sequência de ensino com o debate público regrado enfatiza a seleção temática, a orientação sobre regras e papeis de participação; c) O gerenciamento da palavra, com a organização e distribuição dos turnos foi uma incumbência especial dos moderadores, contribuindo com o desenvolvimento da fala e escuta compreensivas; d) Na articulação fala-escrita: a retextualização de gêneros orais e escritos favoreceu o processo argumentativo. Já o discurso citado apresentou-se como forma de intertexto usado para concretizar a relação entre gêneros e, sobretudo para favorecer a negociação dos argumentos quando o discurso dos próprios debatedores retomados como forma de adesão ou discordância.
Abstract: This research aims at analyzing the uses of orality within L1 basic cycle portuguese classes in the pedagogical scenario of public debate as a curricular component. The epistemic corollaries which pinpoint that research are based upon theoretical perspectives whose intersection is language enunciation studies, that is to say, Bakhtin/Volochinov (2002) propositions on language interactional philosophy. Bakhtin´s discourse genre theory (2003) outlined within communicative interaction dialogism, as much as the associated premisses under the orality and literacy plateau according to the social-interactionism model presented by Marcuschi (2001, 2002, 2003, 2004, 2008) and Dolz & Schneuwly (2011) in terms of oral and written text genre didactics in regular school. The supracited analysis is predominantly qualitative and consisted of four debates tasks in Portuguese classes at Colégio de Aplicação da UFPE school in an 8th grade group. The investigation corpora is composed by questionnaire surveys applied with students and teachers, class observation diaries, photographs and debate audios, as well as diverse resources used by the participants. The results outline a better understanding of orality usage in school based on the debate theoretical study: a) teacher and students comprehend the social and discourse functions of such genre under the scope of verbal language interactive practices; b) teaching sequencing with the public debate emphasizes the theme selection, rule and role orientations; c) talking management, with the organization and turn distribution was a special role for facilitators, thus contributing to a better comprehensible speaking and listening. d) In speaking-writing articulation, the retextualization of oral and written genres sharpened the argumentation process. As for the cited discourse, it has been observed as an intertextual mechanism to achieve genre relations and, above all, to favor argument negotiations as debaters´ speech were re-cited as agreeing/disagreeing manners.
Palavras-chave: linguística
oralidade
análise do discurso
língua portuguesa - estudo e ensino
dissertações
language
orality
discourse analysis
english language - study and teaching
dissertations
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Ciências da Linguagem
Programa: Mestrado em Ciências da Linguagem
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/788
Data de defesa: 20-Feb-2014
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem

Files in This Item:
File SizeFormat 
jose_batista_barros.pdf10,89 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.