Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/812
Tipo do documento: Dissertação
Título: Libras, prá que te quero?: a apropriação dos multiletramentos por alunos surdos do Letras/Libras
Autor: Nóbrega, Ana Maria Zulema Pinto Cabral da 
Primeiro orientador: Cavalcanti, Wanilda Maria Alves
Primeiro coorientador: Caiado, Roberta Varginha Ramos
Primeiro membro da banca: Sousa, Wilma Pastor de Andrade
Segundo membro da banca: Efken, Karl Heinz
Resumo: A educação de surdos, ao longo da história, tem recebido influências de diferentes filosofias educacionais, dentre as quais se destacam o Oralismo, a Comunicação Total e o Bilinguísmo. A Lei 10.436/02 reconhece a Língua Brasileira de Sinais (Libras) como a língua natural dos surdos brasileiros e lhes assegura o ensino da Libras como L1 e do Português escrito como L2. Para atender a essas exigências a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em parceria com a Universidade Aberta do Brasil (UAB), propõe o curso de Licenciatura em Letras/Libras, na modalidade Educação a Distância, doravante EAD, no ano de 2010. A turma pioneira, encerrada em 2013.2, recebeu alunos surdos e ouvintes. Nesta perspectiva, o curso por ser na modalidade EAD, requer e, ao mesmo tempo, oferece ao seu aluno, dentre outras propostas, práticas de multiletramentos, que exigem o uso e conhecimento da Libras como L1. Neste sentido, questionamos: como está o conhecimento linguístico da Libras que os surdos detêm ao ingressarem na Universidade? Como esses sujeitos estão lidando com as novas práticas de multiletramentos exigidas pelas novas tecnologias informacionais? Frente a tal realidade, esta pesquisa teve como objetivo investigar as contribuições linguísticas da Libras, adquiridas durante o Curso de Letras/Libras UAB/UFPB - que favoreceram às inúmeras possibilidades de práticas de multiletramentos dos seus alunos surdos. Para alcançarmos nosso intuito realizamos, no período entre 23 de maio a 06 de junho de 2014, entrevistas com quatro sujeitos surdos da Cidade de Campina Grande PB, que ingressaram na turma pioneira do curso supracitado. Posteriormente, consultamos o Projeto Político Pedagógico e roteiros semanais das disciplinas cujas ementas tratavam: a) ensino de Libras como L1 e b) abordaram conteúdos linguístico de Libras. Na análise, comparamos as falas dos sujeitos com as proposituras das atividades selecionadas. Como referencial teórico desta pesquisa adotamos os estudos enunciativos de Bakhtin, os estudos socioculturais de letramento de Rojo, Street, Lemke, além das pesquisas acerca da aquisição tardia da Libras como L1 para os surdos, bem como do ensino Bilíngue para estes desenvolvidas por Souza e Quadros. Identificamos, a partir dos dados analisados, que os sujeitos investigados: a) Tiveram aquisição tardia da sua L1, a Libras; b) Ingressaram na Universidade com déficits de conhecimentos linguísticos básicos da sua L1, Libras; c) Tiveram, pela primeira vez, a oportunidade de estudar aspectos linguísticos da Libras no Curso de Letras/Libras; e d) Que a apropriação dos conhecimentos linguísticos contribuiu para a ampliação de diferentes práticas de multiletramentos de seus alunos surdos, através do uso dos recursos da tecnologia informacional e de um maior acesso às informações veiculadas na mídia, propiciando produções acadêmicas e literárias. Nesta perspectiva, o presente estudo, não só identifica a relação dos conhecimentos linguísticos da Libras com as diferentes práticas de letramentos, mas também oferece uma visão panorâmica de como foi a educação básica dos sujeitos investigados além de trazer contribuições significativas para a educação de surdos e de se constituir importante subsídio para as futuras investigações nas áreas de surdez, multiletramentos e EAD.
Abstract: The education to the deaf, throughout history, has received influences of different educational philosophies, among which stand out the oralism, Total Communication and bilingualism. Law 10,436 / 02 - regulated by Decree 5626/05 - LIBRAS recognizes as the natural language of Brazilian deaf and ensures these teaching LIBRAS as L1 and L2 writing Portuguese. This Decree establishes that teacher training should occur in LIBRAS courses Letters / LIBRAS. Meeting these requirements UFPB, in partnership with the Open University of Brazil (UAB), proposes the Degree in Letters / LIBRAS in Distance Education mode, beyond the EAD in the year 2010. The pioneer class, closed at 2013.2, received deaf students and listeners. By this way, the course offered by UFPB, being in DL mode, and requires at the same time, offers your students practice multiple literacies. However, on the basis of such practices is the use and knowledge of L1. In this sense, we ask: how is the linguistic knowledge of the LIBRAS to deaf to hold the University ingression? How the deaf are dealing with the new practices of multiliteracies required by new information technologies? Faced with this reality, this research had as main objective to investigate the LIBRAS linguistic contributions, acquired during the course of Letters / LIBRAS - UAB / UFPB - which favored the numerous possibilities of practical multiliteracies of their deaf students. The reports of the deafwere collected in interviews conducted during the period from May 28 to June 5, 2014, with four deaf citizens of the City of Campina Grande - PB, who joined the pioneer class of the aforementioned course. Our theoretical framework was based on studies of enunciative Bakhtin, in sociocultural studies of literacy Rojo, Street, Lemke, in addition to research on the late acquisition of LIBRAS as L1 for the deaf and Bilingual education for these developed by Souza and Quadros. Based upon the above theoretical and the data collected identified that investigated subjects: a) They had delayed acquisition of their L1, the LIBRAS; b) entered the University with deficits in basic linguistic knowledge of their L1, LIBRAS; c) They had, for the first time, the opportunity to study linguistic aspects of LIBRAS in the Course of Arts / LIBRA Sand d) by appropriating the language skills of LIBRAS, offered in the aforementioned course, have their practices of multiliteracies enlarged. In this perspective, this study not only identifies the relationship of language knowledge of LIBRAS with different literacies practices but provides an overview of how basic education was the subject investigated.
Palavras-chave: língua brasileira de sinais - estudo e ensino
ensino à distância
surdos - educação
dissertações
brazilian sign language - study and teaching
distance learning
deaf - education
dissertations
Área(s) do CNPq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Ciências da Linguagem
Programa: Mestrado em Ciências da Linguagem
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/812
Data de defesa: 26-May-2015
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.