Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/871
Tipo do documento: Tese
Título: "Eu vinha rodando pela rua": que ponto de ancoragem para o sujeito adolescente em situação de rua?
Autor: Barros, Paula Cristina Monteiro de 
Primeiro orientador: Melo, Maria de Fátima Vilar de
Primeiro coorientador: Hoffmann, Christian
Primeiro membro da banca: Carvalho, Glória Maria Monteiro de
Segundo membro da banca: Queiroz, Edilene Freire de
Terceiro membro da banca: Douville, Olivier
Quarto membro da banca: Vorcaro, Angela Maria Resende
Resumo: Os meninos de rua constituem uma problemática que denuncia a exclusão social de crianças e adolescentes, os quais vagueiam pelas ruas, numa trajetória em que prevalecem a transgressão, a violência, a destruição de si e do outro, por meio dos quais o sujeito insiste em existir para o Outro. Esta tese resulta das inquietações de uma prática clínico-institucional e visou a analisar o que pode indicar uma ancoragem e enodamento na errância do sujeito adolescente em situação de rua a partir dos traços que o singularizam e o destacam do universo meninos de rua . Sustentamos a hipótese de que a errância, apesar da degradação subjetiva e da radical expulsão, pode constituir um movimento de vida e resistência, uma tomada de posição do sujeito. Baseando-se na proposição psicanalítica do Traço do Caso, a pesquisa foi norteada pela construção de dois casos clínicos, a partir do que fez tropeço na intervenção e de seus efeitos na escuta. À luz da Aufhebung freudiana e da topologia lacaniana do nó borromeu, destacamos uma realidade marcada por um esgarçamento do tempo e do espaço, uma diluição das fronteiras, uma prevalência do Real. A proposição de uma clínica borromeana situa a instituição como referente simbólico; suplência que opera, no recurso à palavra, reparos nos lapsos do nó. Trata-se de uma construção do adolescente e da instituição que transgride o instituído da exclusão, do saber, das práticas sedimentadas, buscando, num ato inventivo e de autoria do sujeito, uma ultrapassagem da marca da exclusão para a rasura de um traço, por meio de uma nominação simbólica; um entre que enoda e faz laço social; um ponto de ancoragem para quem vinha rodando pela rua .
Abstract: The presence of "street kids" denounces the social exclusion of children and adolescents that wander the streets, in a trajectory that prevails transgression, violence, destructivity, through which the subject persists to exist for the Other. This thesis is a result of questionings from a clinical practice in an institution. This thesis envisions to analyze what could be related to an anchorage and enlacing in the wander of homeless adolescents, based on the traces that make them unique and detached from the universe of street kids . We propose the hypothesis that the wander, regardless of the subjective degradation and the expulsion, could constitute a movement of life and resistance, an emergence of the subject. Based on the psychoanalytic Trace of the Case, this research was guided by two clinical cases, from what constituted an intervention s stumble and its effects in the listening process. Guided by the Freudian Aufhebung and the Lacanian borromean knot, we highlight a reality characterized by the fraying of time and space, a dilution of boundaries, a prevalence of the Real. The proposition of a borromean clinic places the institution as a symbolic reference; a substitute that functions, utilizing the word as a resource, as a repair to the lapses of the knot. This is about a construction that transgresses what is institutionalized about exclusion, knowledge, and established clinical practice. It aims, through an inventive act, a trajectory from the wound of the exclusion to the draft of a trace, through a symbolic nomination; a between space that promotes the knot and the social engagement; a source of anchorage for whom used to go rolling through the street .
Palavras-chave: psicologia clínica
adolescentes e violência - aspectos psicológicos
psicanálise
instituição social
teses
aufhebung freudiana
nó borromeu
errância
clinical psychology
adolescents and violence - psychological aspects
psychoanalysis
social institution
theses
aufhebung Freudian
borromean knot
wanderings
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Psicologia Clínica
Programa: Doutorado em Psicologia Clínica
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/871
Data de defesa: 1-Dec-2015
Appears in Collections:Psicologia Clinica



Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.