Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/908
Tipo do documento: Dissertação
Título: Morte: a crise ante a morte e a reconfiguração da identidade religiosa do adulto na sociedade contemporânea.
Autor: Silva, Vania Maria Ferreira 
Primeiro orientador: Libório, Luiz Alencar
Primeiro membro da banca: Aragão, Gilbraz de Souza
Segundo membro da banca: Silva, Giselda Brito
Resumo: A presente dissertação tem como objetivo geral identificar pensamentos e sentimentos das pessoas ante a morte, buscando compreender como esta crise interfere na identidade religiosa do adulto. O trabalho visa identificar como a crise ante a morte interfere na reconfiguração da identidade religiosa dos adultos pesquisados bem como averiguar se dentre os sentimentos elencados surgem medos relacionados à morte e a situação pós-morte. Esta pesquisa usa a abordagem qualitativa dos dados, sobretudo por não se pretender generalizar resultados. A partir desta perspectiva, utiliza-se o método fenomenológico, com o propósito de identificar os significados dos sentimentos vividos pelos adultos, diante da crise ante a morte. Para alcançar os objetivos propostos, o instrumento da coleta de dados é a entrevista semi-estruturada, baseando-se em duas perguntas norteadoras. A amostra consta de doze sujeitos com idade entre cinqüenta e quatro e noventa anos que se declaram pertencendo à religião católica, espírita, evangélica, sem religião definida e alguns que se auto-atribuíram denominações religiosas novas, criadas no momento da própria entrevista. Com os dados em mãos, faz-se a análise qualitativa das vivências e representações, buscando delimitar e descrever fenomenologicamente o conteúdo das entrevistas em unidades de significados, confrontando-as com as teorias embasadoras. Os resultados das análises demonstram que os adultos que vivenciam uma situação de crise ante a morte, tendem a questionar os seus valores religiosos, desenvolvendo algumas atitudes que se refletem em um movimento de reconfiguração de suas identidades religiosas: uns retraindo-se, distanciando-se ou rompendo completamente com os laços afetivos que os ligam as instituições religiosas de origem, outros, de modo contrário, aproximam-se e intensificam as suas relações com suas instituições ou grupos religiosos. E ainda outros, afastando-se fazem do seu lar, um lugar sagrado e passam de um tipo de fé herdada, para um tipo de fé pessoal, íntima, que se reflete no seu cotidiano, donde se pode concluir que o confronto com a morte, ocasiona uma crise de natureza psicoespiritual.
Abstract: The present report has the objective to identify thoughts and feelings of people toward death, searching to understand how this crisis interferes in the adult religious identity. The essay aims to identify how crisis facing death interferes in the religious identity reconfiguration of researched adults, as well as, to find out if among those feelings there is a fear related to death and the after death situation. This research uses a qualitative approach of data, once, one does not intend to generalize results. It is used the phenomenological method from this perspective, to identify the meaning of feelings undergone by adults due to death crisis. We collect data from semi-structured interviews with two main questions for the proposed objectives. The sample is of twelve persons from 54 to 90 years old, that say to be Catholic Spirit, Evangelic, no defined Religion and some self-defined with new religious denominations, created at the moment of the interview. The qualitative analysis of experiences and representations is carried out with the data seeking to delimitate the interview content phenomenological description in meaning units, to confront them with based upon theories. The results of the analysis show that adults go through crisis situation when facing death, they tend to question their religious values, developing attitudes that are reflected in their religious identity reconfiguration: some of them withdrawing themselves or completely breaking the affective ties that link them to their religious institutions, others, differently, get closer and intensify ones relations with those institutions or religious groups. And others at home have a holy place, going from the inherited faith to an inner faith, that it is reflected in daily life, so, one can conclude that, an existential crisis happens, when facing death.
Palavras-chave: psychology and religion
death
bereavement - psychological aspects
loss (psychology)
identity - religious aspects
dissertations
psicologia e religião
morte
luto - aspectos psicológicos
perda (psicologia)
identidade - aspectos religiosos
dissertações
Área(s) do CNPq: CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA#
#-2134759983998029892#
#600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação#
#-8854052368273140835#
#500
Programa: Mestrado em Ciências da Religião#
#5468223359720387896#
#500
Citação: SILVA, Vania Maria Ferreira. Morte: a crise ante a morte e a reconfiguração da identidade religiosa do adulto na sociedade contemporânea. 2008. 228 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernambuco - UNICAP. Pró-reitoria Acadêmica. Programa de Mestrado em Ciências da Religião, 2008.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/908
Data de defesa: 5-Jan-2009
Appears in Collections:Ciencias da Religiao

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
dissertacao_vania_maria_ferreira_silva.pdfDissertação na íntegra1,39 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.