Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/940
Tipo do documento: Dissertação
Título: Produção e aplicação de bioemulsificante isolado de Bacillus subtilis UCP 0146 por fermentação submersa em manipueira
Autor: Maia, Patricia Cristina de Veras Souza 
Primeiro orientador: Takaki, Galba Maria de Campos
Primeiro coorientador: Silva, Rosileide Fontenele da
Primeiro membro da banca: Albuquerque, Clarissa Daisy Costa
Segundo membro da banca: Franco, Luciana de Oliveira
Resumo: Os Biossurfactantes são compostos tensoativos produzidos por bactérias, leveduras e fungos filamentosos, que apresentam na molécula uma porção hidrofóbica e outra hidrofílica, com potencial de redução da tensão superficial da água e ou de emulsificar líquidos com duas fases, os que apresentam essa última característica são denominados de bioemulsificantes. Apresentam potenciais de aplicação em varias áreas industriais como: alimentícia, agrícola, farmacêutica e petroquímica, devido a suas características de biodegradábilidade, não toxicidade e possibilidade de produção a partir de substratos renováveis. Neste trabalho, estudos foram realizados com Bacillus subtilis UCP 0146, investigando a produção de bioemulsificante, empregando como substrato o efluente agroindustrial (manipueira). O cultivo foi realizado em frascos de Erlenmeyers de 250 ml contendo 75 mL (100%) do meio de produção (manipueira) de acordo com planejamento fatorial completo 23, teve como variável independente o volume do inóculo, temperatura e agitação e como variável resposta o índice de emulsificação (IE24), com 5% de inóculo com concentração de 108 cel /mL, incubado a 30ºC, sob agitação de 150 rpm por 72h. Foi avaliado o bioemulsificante produzido no líquido metabólico livre de células, a fins da dosagem índice de emulsificação (IE24). As características do bioemulsificante avaliadas foram tamanho das gotas de emulsão, estabilidade frente a variações de pH, concentração de NaCl e temperatura. Os resultados mostraram que o bioemulsificante apresentou índice de emulsificação de 95,2% para óleo queimado de motor na melhor condição do planejamento (inóculo 9% (v/v), 25°C e 100rpm), apresentando formação de emulsão estável em relação ao IE24 em todas as temperaturas testadas, mas a melhor resposta foi com a temperatura de 70ºC (96.0%). Em relação ao pH, foi observado um IE24h de 91,6% e em relação a salinidade apresentou 92.0%. No teste de dispersão do deslocamento obteve o valor de 85,38 cm². Quanto ao potencial de adsorção do corante catiônico azul de metileno removeu 62,2% após 12h, como também a remoção de 94,4% do óleo queimado de motor impregnado em solo arenoso. O Bacillus subtilis apresentou habilidade de produzir bioemulsificante utilizando a conversão metabólica do resíduo agroindustrial, tornando o bioprocesso econômico e com grande potencial na aplicação biotecnológica.
Abstract: Biosurfactants are tensioactive compounds produced by bacteria, yeasts and filamentous fungi, which have come in the molecule a hydrophobic and other hydrophilic portion, with potential to reduce water surface tension and liquid emulsion with two phases, called Bioemulsifiers. The bioemulsifiers presented potential of application in several industrial areas such as: food, agricultural, pharmaceutical and petrochemical, their characteristics of biodegradability, non-toxic and possibility of production from renewable substrates. In this sense, studies carried out with Bacillus subtilis UCP 0146, investigating a bioemulsifier production, using as substrate the agroindustrial effluent (manipueira). Cultivation was carried out in Erlenmeyer flasks containing 75 mL (100%) of the production medium (manimetry) according to the 23 factorial scale, with 5% inoculum at a concentration of 108 cells / mL, incubated at 30ºC under agitation of 150 rpm for 72h, being evaluated the bioemulsifier produced in the cell free metabolic liquid, the emulsification inde (IE24). As the good, the size of the emulsion droplets, stability to pH, NaCl and temperature. The results showed that the emulsifier had a 95.2% emulsification index with the engine burned oil in the best planning condition, showing a stable emulsion formation at all temperatures and a better response at the temperature of 70ºC (96.0%). Regarding pH was observed in assay 2, an (IE24) of 91.6% relative to salinity or assay 4 represented 92.0%. In addition, no dispersion test showed displacement of 85.3 cm of the oil and the discoloration of methylene blue in aqueous solution, obtained the result of 62.2% removal. The Bacillus subtilis demonstrated the ability to produce bioemulsifiers using a metabolic conversion of the agroindustrial residue, making the bioprocessing economical and great potential in the biotechnological application.
Palavras-chave: Bioemulsifier
Cassava flour wastewater
Agroindustrial effluent
Bioemulsificante
Efluente agroindustrial
Bacillus subtilis
Manipueira
Área(s) do CNPq: CIENCIAS BIOLOGICAS::BIOLOGIA GERAL#
#-1634559385931244697#
#600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação#
#-8854052368273140835#
#500
Programa: Mestrado em Desenvolvimento de Processos Ambientais#
#7773858030179640429#
#500
Citação: Maia, Patricia Cristina de Veras Souza. Produção e aplicação de bioemulsificante isolado de Bacillus subtilis UCP 0146 por fermentação submersa em manipueira. 2017. 66 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento de Processos Ambientais) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/940
Data de defesa: 29-Jun-2017
Appears in Collections:Desenvolvimento de Processos Ambientais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Patricia_Cristina_Veras_Souza.pdf1,41 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.