Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/95
Tipo do documento: Dissertação
Título: Aprendendo a redesenhar a convivência conjulgal a partir da expectativa do transplante hepático
Título(s) alternativo(s): Learning to redesign the living conjulgal from the expectation of liver transplantation
Autor: Medeiros, Célia Regina 
Primeiro orientador: Dias, Cristina Maria de Souza Brito
Primeiro membro da banca: Francisco, Ana Lúcia
Segundo membro da banca: Maia, Eulália Maria Chaves
Resumo: Este trabalho constitui um estudo acerca da convivência, sentimentos e vivência na adaptação dos casais com um dos cônjuges na expectativa de mudança de vida com o transplante hepático. Para este estudo foram realizadas entrevistas com seis casais na faixa etária entre 24 a 77 anos, com tempo mínimo de convivência de quatro anos e espera na lista de transplante a partir de seis meses. O diagnóstico da doença hepática foi oriundo de distúrbios metabólicos e virais dissociado da dependência química. Foi realizada uma entrevista semidirigida com os cônjuges, individualmente, contendo dados sócio-demográficos e questões que atendem aos objetivos da pesquisa. Foram analisados os conteúdos verbais e não verbais do discurso dos cônjuges categorizando-se as respostas por temas afins, baseando-se na Análise Temática. O estudo aponta que os casais vivenciam tensão e ansiedade enquanto aguardam o transplante; a entrada em lista, na grande maioria, provocou um impacto muito grande; as necessidades apresentadas foram a realização rápida do transplante e dificuldades financeiras em decorrência dos gastos com a doença e a baixa remuneração dos mesmos. As atitudes de paciência, compreensão e mais os sentimentos de confiança, amor e fé religiosa foram apontados como recursos para enfrentar a situação. A relação conjugal, após entrada na lista, trouxe alterações para os casais, abertos para a experiência de mudança, abrangendo os familiares e o grupo social. Os projetos e expectativas apresentados mostraram-se aprisionados à espera do transplante. A conclusão a qual se chegou com esse estudo é que a interação conjugal perpassada pelo processo de adoecer apresenta peculiaridades com nuances individuais e conjugais que, para sua resignificação conjugal, necessita de um cuidado interdisciplinar para possibilitar qualidade de vida ao casal. Espera-se que este trabalho contribua na melhoria do suporte psicológico ao casal frente à expectativa do transplante hepático e ofereça subsídio clínico-teórico aos profissionais interessados na área de saúde mental
Abstract: This research is an investigation about feelings and adjustment of couples in their expectation of a change life with a liver transplant. For this study were conducted interviews with six couples in the age bracket between 24 to 77 years, with minimum time four years of coexistence, and expects the list of transplant from six months; diagnosis multifactorial decoupled from chemical dependency. It held an interview more or less conducted, individually containing socio-demographic issues that meet the objectives of the research. Were analyzed the contents of the verbal and non-verbal speech of the spouses, analysing for the answers related themes based on the Thematic Review. The study suggests that couples live tension and anxiety while awaiting a transplant, the entry list in the vast majority caused a catastrophic impact, the needs were presented the achievement of rapid and transplantation financial difficulties as a result of spending on disease and low pay . Attitudes of patience, understanding and more the feelings of trust, love and religious faith have been identified as resources to address the situation. The conjugal relationship after entry in the list has brought changes for couples open to the experience of covering the changing family and social group. The projects submitted and expectations have been trapped in hopes of the transplant. The conclusion which was reached in that study is: the interaction conjugal, the process of sicken has peculiarities with nuances that individual and marriage to his resignification conjugal, they needs a careful interdisciplinary quality of life to enable the couple. It is hoped that this work, help in improving the psychological support to the couple before the expectation of liver transplantation and offers clinical-theoretical allowance for professionals interested in the area of mental health
Palavras-chave: psicologia clínica
família - aspectos psicológicos
aconselhamento familiar - aspectos psicológicos
fígado -transplante - aspectos psicológicos
dissertações
clinical psychology
family - psychological aspects
family counseling - psychological aspects
liver - transplantation - psychological aspects
dissertations
Área(s) do CNPq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::PSICOLOGIA
Idioma: por
País: BR
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Psicologia Clínica
Programa: Mestrado em Psicologia Clínica
Citação: MEDEIROS, Célia Regina. Learning to redesign the living conjulgal from the expectation of liver transplantation. 2007. 123 f. Dissertação (Mestrado em Psicologia Clínica) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife, 2007.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/95
Data de defesa: 1-Dec-2007
Appears in Collections:Psicologia Clinica

Files in This Item:
File SizeFormat 
dissertacao_celia_regina.pdf456,81 kBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.