Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/952
Tipo do documento: Dissertação
Título: Impeachment de 2016: uma análise crítica discursiva dos jornais de Pernambuco
Autor: Lins, Camila de Barros 
Primeiro orientador: Carvalho, Nelly Medeiros de
Primeiro membro da banca: Efken, Karl Heinz
Segundo membro da banca: Rocha, Heitor Costa Lima da
Resumo: A presente pesquisa tem como foco de estudo o discurso da mídia e busca compreender como foi construído o discurso midiático na cobertura sobre os acontecimentos relacionados ao impeachment da Presidenta da República democraticamente eleita, Dilma Rousseff, e ao governo provisório, exercido pelo então vice-presidente, Michel Temer, nos jornais de Pernambuco, além de identificar padrões e indícios que apontem uma heterogeneidade ou homogeneidade discursiva da mídia, comparar a elaboração do discurso político entre os veículos analisados e refletir sobre o posicionamento da mídia diante da maior crise política da história recente do Brasil. As matérias analisadas foram publicadas nos cadernos de política dos três principais veículos impressos do Estado: Diario de Pernambuco, Folha de Pernambuco e Jornal do Commercio e referem-se à cobertura de fatos políticos relevantes que aconteceram no período de duração do governo provisório, entre 12 de maio e 31 de agosto de 2016. A primeira data corresponde ao afastamento de Rousseff, e a segunda ao término do processo de impeachment, que culminou na destituição definitiva da presidenta eleita. A base teórica-conceitual deste estudo articula conceitos da Análise Crítica do Discurso (ACD) – a partir, sobretudo, de Fairclough (2008 [1992]; 1995) e Van Dijk (1998a; 1998b; 2009 [2008]), além de contribuições da corrente de linha francesa, a partir de Charaudeau (2005) – e da Teoria do Enquadramento – com base, por exemplo, em Entman (1993), Gitlin (1980) e o Porto (In: RUBIM (org.), 2004). As matérias foram analisadas de acordo com os critérios de identificação, interpretação, descrição e classificação dos enquadramentos presentes no discurso, conforme indicações de Hertog e McLeod (In: REESE; GANDY; GRANT (ed.)), Entman (1993), Porto (In: RUBIM (org.), 2004) e Pan e Kosicki (1993), a partir dos recursos da Análise Discursiva Crítica apontados por Fairclough (2001 [1992]). Observou-se, na maioria das matérias analisadas, a predominância de enquadramentos favoráveis ao discurso pró-impeachment e/ou pró-Temer, o que pode ser interpretado como reflexo do posicionamento principal adotado pelos três jornais pernambucanos durante o processo de impeachment.
Abstract: Sem resumo em língua estrangeira.
Palavras-chave: Critical Discourse Analysis
Coup of State - Brazil
Press - Pernambuco
Journalism - Political Aspects - Pernambuco
Linguistics
dissertation
Análise crítica do discurso
Golpes de Estado - Brasil
Imprensa - Pernambuco
Jornalismo - Aspectos políticos - Pernambuco
Linguística
Dissertação
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES#
#8435846416789276096#
#600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação#
#-8854052368273140835#
#500
Programa: Mestrado em Ciências da Linguagem#
#2724172099063601567#
#500
Citação: Lins, Camila de Barros. Impeachment de 2016: uma análise crítica discursiva dos jornais de Pernambuco. 2017. 162 f. Dissertação( Mestrado em Ciências da Linguagem) - Universidade Católica de Pernambuco, Recife.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/952
Data de defesa: 2-Jan-2018
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Camil_Barros_Lins.pdfDissertação na íntegra81,25 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.