Export iten: EndNote BibTex

Please use this identifier to cite or link to this item: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/976
Tipo do documento: Dissertação
Título: O uso do whatsapp em práticas comunicativas de jornalistas na produção de conteúdo editorial
Autor: Santos, Fernando Castilho Andrade dos 
Primeiro orientador: Carvalho, Nelly Medeiros de
Primeiro membro da banca: Xavier, Antonio Carlos dos Santos
Segundo membro da banca: Bernardino Júnior, Francisco Madeiro
Resumo: A partir do estudo da sistemática elementar para a organização da tomada de turnos para a conversa de Sacks, Schegloff e Jefferson (1974), a pesquisa analisa as práticas comunicativas de grupos formados por jornalistas e estagiários de jornalismo no uso do aplicativo de envio e recebimento de mensagens WhatsApp em rotinas de produção de conteúdo editorial para jornal, rádio, televisão e internet. Utiliza os estudos da Análise da Conversação de Marcuschi (1986) relativos à conversação face a face e suas mudanças no meio virtual; a Teoria de Implicatura e máximas conversacionais de Grice (1995) e os estudos de Crystal (2005) sobre a pressão pragmática dos usuários para ganhar tempo na conversação, além do conceito de Prensky (2001) sobre o comportamento do imigrante digital, semelhante ao imigrante geográfico. Também mobiliza elementos da Teoria da Redescrição Representacional de Karmiloff-Smith (1992), a noção de intertextualidade de Fairclough (2006) e os trabalhos sobre retórica digital de Xavier (2011). Adota o conceito de Netnografia de Kozinets (1988) para a pesquisa de fóruns, chats, grupos de discussão adaptada a aplicativos como WhatsApp, bem como os estudos sobre a centralidade da linguagem na tecnologia de Barton e Lee (2015). Finalmente, os trabalhos de Caiado e Morais (2014) sobre transgressão intencional de usuários de telefones móveis; e de Cunha (2008), sobre a aplicação, pelos participantes dos grupos analisados, do conceito de discurso citado de Bakhtin (2006) para construção e sustentação de seus argumentos dentro dos referidos grupos. A pesquisa defende que o mensageiro WhatsApp funciona como uma highway textual por onde trafegam, em tempo real, variados enunciados cujos processos de construção se utilizam de diferentes elementos escritos e imagéticos para a entrega de mensagens mediadas por computador em plataformas de uso de telefones móveis.
Abstract: From the study of the elementary systematics to the organization of turn-taking for the conversation of Sacks, Schegloff e Jefferson (1974), the research analyzes communicative practices in groups formed by journalists and journalism trainees using the sending and receiving application receiving WhatsApp messages in production routines for editorial content for newspaper, radio, television and the internet. He uses the studies of Marcuschi Conversational Analysis (1986) concerning knife-to-face conversation and its changes in the virtual environment, Grice's Theory of Implication and conversational maxims (1975), and Crystal (2005) studies on pressure pragmatics of users to gain time in the conversation, in addition to the concept of Prensky (2001) on the digital immigrant-like digital immigrant behavior. It also uses elements from Karmiloff-Smith's Representational Redescription Theory (1992), Fairclough's notion of intertextuality (2006), and Xavier's work on digital rhetoric (2011). It adopts Kozinets' (1988) Netnography concept for searching forums, chats, discussion groups adapted to applications such as WhatsApp and studies on the centrality of language in Barton e Lee (2015) technology. Finally, from the works of Caiado and Morais (2014) on intentional transgression of mobile users and Cunha (2008) in relation to the application of the analyzed groups of the concept of discourse mentioned Bakhtin (2006) to build and support their arguments within groups. The research argues that the WhatsApp messenger works as a textual highway through which, in real time, various statements, whose construction processes use different written and image elements for the delivery of measured messages by computer on platforms of mobile use, are carried out in real time.
Palavras-chave: Linguistics
Intertextuality
social networks
Journalism
dissertations
Lingüística
Intertextualidade
WhatsApp
Redes sociais
Jornalismo
Dissertações
Área(s) do CNPq: LINGUISTICA, LETRAS E ARTES#
#4828026023044017992#
#600
Idioma: por
País: Brasil
Instituição: Universidade Católica de Pernambuco
Sigla da instituição: UNICAP
Departamento: Departamento de Pós-Graduação#
#-8854052368273140835#
#500
Programa: Mestrado em Ciências da Linguagem#
#2724172099063601567#
#500
Citação: SANTOS, Fernando Castilho Andrade dos. O uso do whatsapp em práticas comunicativas de jornalistas na produção de conteúdo editorial. 2017. 178 f. Dissertação (Mestrado) - Universidade Católica de Pernambuco-UNICAP. Pró-reitoria Acadêmica. Curso de Mestrado em Ciências da Linguagem, 2017.
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://tede2.unicap.br:8080/handle/tede/976
Data de defesa: 1-Nov-2017
Appears in Collections:Ciencias da Linguagem

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
fernando_castilho_andrade_santos.pdfDissertação na íntegra2,51 MBAdobe PDFView/Open ???org.dspace.app.webui.jsptag.ItemTag.preview???


Items in TEDE are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.